Viaje neste blog

Publicidade

Deep Purple e Lynyrd Skynyrd, talvez a última chance de ver essas duas gigantes do Rock

21/08/2017

O Rock não morreu e nem vai morrer. Como tudo ele segue se transformando e se adaptando ao momento do mundo.

Existem diversas bandas atuais criando sons sensacionais. Muitas delas são brasileiras. A diferença é que o Rock não é mais sinônimo de Pop, como já foi há algumas décadas atrás. Bandas que surfaram naquela onda e somaram talento à oportunidade, atingiram o status de gigantes do Rock, fato que dificilmente se repetirá - pelo menos tão cedo. Hoje, tais bandas são classificadas como Classic Rock, justamente por terem deixado marcas profundas na história da música e por terem atingido milhões de pessoas, e não apenas um nicho específico como hoje.

Para quem ainda aprecia o sentimento saudosista da época em o Rock era parte da vida da maioria das pessoas do mundo ocidental - época em que bandas do mundo todo enchiam estádios e rock bares - essa talvez seja a última chance de ver duas gigantes do Rock juntas: Deep Purple e Lynyrd Skynyrd.

As duas bandas vem ao Brasil em dezembro para se apresentarem em Curitiba (12/12), São Paulo (13/12) e Rio de Janeiro (15/12).

Ambas são bandas clássicas, para dizer o mínimo. São grupos que explodiram nos anos 70, lançaram milhares de álbuns e até hoje possuem hits na ponta da língua de todo mundo que se considere um bom ouvinte de Rock.

Deep Purple em formação atual. Foto: divulgação
Deep Purple é sem dúvida uma das maiores bandas da história. Considero-os mais importantes até mesmo do que Led Zeppelin e Pink Floyd, dado o calibre de músicos que passou por ali e o tanto de canções incríveis que o grupo produziu em mais de 40 anos de vida. Não é para qualquer grupo ter tido nos vocais Ian Gillan, David Coverdale e Glen Hughes. Ou nas guitarras Ritchie Blackmore e Steve Morse. Até um maestro já passou por lá: Jon Lord, falecido em 2012. Apesar da constante troca de músicos o entrosamento ali era inegável e o grupo sempre produziu Hard Rock de peso e qualidade além de ter um carinho especial por apresentações ao vivo. A banda tem, inclusive, uma discografia dedicada às apresentações ao vivo, muitas delas foram acompanhadas por orquestras. Coisa fina, de quem entende de música.

Sempre ativo em suas 4 décadas de vida, a banda vem para apresentar seu último disco, InFinite, lançado este ano.

É difícil selecionar as melhores canções dos caras, mas gosto especialmente de Perfect Strangers:



Maybe I'm Leo:



E Sometimes i Feel Like Screaming:



Caso você tenha a oportunidade, ouça o disco InFinite, disponível em Spotify, Deezer, etc. É um dos melhores trabalhos dos últimos anos do Purple.

Lynyrd Skynyrd. Gigantes do Country Rock. Foto: Divulgação
Lynyrd Skynyrd é da mesma época do Purple, porém enquanto o grupo de Ritchie Blackmore explodiu na terra da rainha, Skynyrd é deste lado do Atlântico, mais precisamente do sul dos EUA, região conhecida pelo apreço à música Country.

Tal influência é fundamental na sonoridade do Lynyrd Skynyrd que conseguiu mesclar o som local com o bom Hard Rock que vinha pulsando no mundo. O resultado são músicas que encontraram um raro equilíbrio entre o peso do Rock e a sutileza do Country. Há guitarras pesadas e baterias afiadas, mas há também o jeito tranquilo de ver a vida onde a maioria dos problemas não são páreo para uma tarde no bar com os amigos. Uma grandeza maior que a vida que só quem vive longe dos grandes centros metropolitanos consegue ter.

Resultado são peças do calibre de Gimme Back My Bulltes:



I Ain't the One:



E a obra-prima Simple Man:



Ao longo da vida, a banda passou por diversos percalços, incluindo a morte de boa parte dos integrantes, o que faz a formação atual do ser apenas um reflexo fraco do que um dia foi. Ainda assim vale uma olhada nos caras.

Como eu disse acima, o Rock está em constante movimento, sempre se adaptando ao mundo moderno, sempre se encaixando no formato que as pessoas precisam.

Bandas gigantes não irão mais existir e caras do nível de Deep Purple e Lynyrd Skynyrd serão exceções, e não regra como antes. Portanto, se você nunca viu nenhuma dessas bandas ao vivo, aproveite a chance. Talvez seja a última oportunidade de conferir esses 2 gigantes do Rock ;)

Serviço

CURITIBA
12/12/2017
PEDREIRA PAULO LEMINSKI

SÃO PAULO
13/12/2017
ALLIANZ PARQUE

RIO DE JANEIRO
15/12/2017

JEUNESSE ARENA

Ingressos no site da T4F

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...