Viaje neste blog

Publicidade

Rainha Foguete

22/08/2013

O poder de quem faz

Um dos ensinamentos mais bacanas que aprendi com meus familiares e amigos mineiros é: "faça, em vez de falar". O que esse povo oriundo da terra do pão de queijo quer dizer é que atos são o que realmente fazem diferença no mundo, ao passo que palavras são apenas palavras. Elas tem algum poder, é claro, mas muito menos consistente e importante do que uma real ação bem executada. Aqui vai um exemplo de ação bem feita. Uma música dos Guns N'Roses presente no disco "Apetitte for Destruction" de 1987. Segue a letra:




Rocket Queen
(Slash/McKagan)

If I say I don't need anyone
I can say these things to you
'cause
I can turn on anyone
Just like I've turned on you
I've got a tongue like a razor
A sweet switchblade knife
And I can do you favors
But then you'll do whatever I like

Here I am
And you're a Rocket Queen
I might be a little young
But honey I ain't naive
Here I am
And you're a Rocket Queen oh yeah
I might be too much
But honey you're a bit obscene

I've seen everything imaginable
Pass before these eyes
I've had everything that's tangible
Honey you'd be surprised
I'm a sexual innuendo
In this burned out paradise
If you turn me on to anything
You better turn me on tonight

Here I am
And you're a Rocket Queen
I might be a little young
But honey I ain't naive
Here I am
And you're a Rocket Queen oh yeah
I might be too much
But honey you're a bit obscene

I see you standing
Standing on your own
It's such a lonely place for you
For you to be
If you need a shoulder
Or if you need a friend
I'll be here standing
Until the bitter end
No one needs the sorrow
No one needs the pain
I hate to see you
Walking out there
Out in the rain
So don't chastise me
Or think I, I mean you harm
Or those that take you
Leave you strung out
Much too far
Baby, yeah

Don't ever leave me
Say you'll always be there
All I ever wanted
Was for you
To know that I care

Vamos à andança...

O sábio disse: "ações valem mais do que palavras". Essa sentença está inclusive na ótima canção Hard to Handle - que ganhou corpo pelos Commitments e Black Crowes, dentre vários outros. Aliás tal constatação é mais profunda do que parece. Pelo que vivi e aprendi com vários mestres da vida, descobri que, na verdade, ações tem muito valor, enquanto palavras são vazias. Os maiores sábios que conheci na vida eram homens de poucas palavras. Faziam o que nasceram pra fazer, sem se gabar por isso. Faziam por que amavam fazê-lo, não por que queriam ser vistos como bons fazedores. O próprio Toddy viveu ao meu lado para me ensinar isso. Entretanto a maioria das pessoas tende à deixar as palavras falarem mais alto que seus atos. Um dos maiores mestres do mundo, o Nazareno, foi um dos maiores defensores dos atos ante as palavras. Foi ele que disse: "Não deixe sua mão esquerda saber o que a direita faz". Essa frase inclusive está num dos maiores blues da história, registrado em palavras paternais na voz de Sonny Terry & Brownie McGhee. Segundo O Filho do Homem, não devemos alardear nossas boas ações. Devemos agir em segredo e o Pai, que nos observa em segredo nos recompensará. Assim como Deus, eu também aprecio quem preza mais pelos atos do que pela proclamação destes. É por isso que eu gosto dos Guns N'Roses. Eles nunca precisaram afirmar ao mundo que eram uma banda do mais puro Hard Rock. Enquanto algumas bandas fazem de tudo para parecerem dignas de seus fãs roqueiros - indo das bizarrices de Marylin Manson às mentiras mulherengas de Gene Simmons, do Kiss - o Guns N' Roses simplesmente fazia som. Não um som qualquer. Eles faziam o som que realmente carregava tudo aquilo que todos os maiores roqueiros queriam: atitude, liberdade e rebeldia. Sem precisarem se auto-afirmar, o quinteto colocava em cada canção o mais puro instinto roqueiro que não pode ser descrito em palavras, mas sim com música. Observemos Rocket Queen. A canção que fecha o primeiro disco dos Roses - o primeiro, veja bem! - é um show de ponta a ponta para qualquer amante de uma guitarra pesada, pancadas fortes na bateria, vocal rasgado e muita, mais muita adrenalina - mais do que você imagina e já explico por quê. A canção abre com uma bateria afiada de Steven Adler que promete muita ação. A bateria chama, ao mesmo tempo, o baixo furioso de Duff McKagan e a guitarra formidável de Slash. O cabeludo da cartola é mais um desses sábios que prefere fazer. É por isso que ele começa devagar, sem gastar toda magia no começo. Há muita música pela frente, ele sabe e por isso deixa o melhor pro final. Você verá. Axl Rose logo aparece, acompanhando o ritmo potente com um vocal rápido e sua voz mais rasgada do que nunca. No refrão ele diz: "Aqui estou eu, e você é a rainha do foguete. Eu posso ser jovem mas não sou ingênuo". E ingênuo, de fato ele não é. Pois eis que em pleno vigor da obra, quando começa o trecho instrumental, podemos ouvir, além da guitarra maravilhosa desfiando um solo enfurecido, gemidos femininos provenientes de um ato sexual. Talvez os gemidos sejam pelo prazer de ouvir tamanha sonzeira. Nada mais justo. Mas a explicação mais plausível é de que Axl Rose estava tendo relações, digamos maiores que a amizade, com Barbi Von Grief, uma das groupies que vivia com os Guns N' Roses e, segundo a lenda, na época namorava o baterista Steven Adler. Além de transar com o rolo do amigo, os caras ainda gravaram e colocaram os gemidos da moça na canção! Isso é ser Rock N' Roll suficiente pra você? Mais do que muita banda que se proclama como maior banda de Rock do mundo, sem dúvida. Ouvindo esse trecho é possível ver o poder do Guns. A evolução do solo de Slash é quase orgásmica e acompanha o prazer da garota com precisão penetrante. Um dos melhores momentos do Guns e sem dúvida da história do Rock. Esses são caras que fazem, em vez de falar. Que nos sirvam de inspiração. Ao invés de gritar pro mundo pra mostrar o quanto você é bom, faça o bem. A ação é infinitamente mais valiosa que a palavra. Para você e para quem ela envolve. O mundo precisa de atos e não de promessas. Faça com o Guns, viva de acordo com o que você acredita e simplesmente aja ;)

Nunca ouviu?

Embarque no foguete. Escute:

Um comentário:

Fabio CS disse...

Muito interessante. . Recomendo: assim como o texto não perca tempo em falar; leia. Parabéns.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...