Viaje neste blog

Publicidade

Lar

11/06/2013

Onde é sua casa?

Quando se está longe de casa é comum refletir mais do que o normal em canções que tratam sobre o Lar. Eu, por exemplo, nunca tinha viajado tanto nessa canção do Jack Johnson, mas outro dia parei para escuta-la enquanto estava sentado no parque, olhando pro céu e pensando em casa. A canção saiu no disco "En Concert" de 2009. Segue a letra:




Home
(Johnson)

I gotta get home there's a garden to tend
There's fruit on the ground and the birds have all
Moved back into my attic.
Whistling static, when the young learn to fly I will
Patch all the holes up again.

Well I can't believe that my lime tree is dead
I thought it was sleepin, I guess it got fed up with
Not being fed
And I would be too I keep food in my belly and hope
That my time isn't soon.

And so I try to understand
What I can't hold in my hand
And wherever we are
Home is there too.

And if you could try to find it too
'cause this place is over grown its a waxin moon
Home is wherever we are if there's love there too.

In the back of our house there's a trail that won't
End
We've been walking so far that it grew back in
There's no trail at all, only grass growing taller
Get out my machete and battle with time once again
But I'm bound to lose cause I'll be damned if time
Don't win.

I gotta get home there's a garden to tend
All the seeds from the fruit buried and begin their
Own family trees teach them thank you and please
As they spread their own roots then watch the young
Fruit grow again
And this old trail will lead me right back to where it
Begins.

And so I try to understand
What I can't hold in my hand
And whatever I find I'll find my way back to you.

And if you could try to find it too
Cause this place is over grown its a waxin moon
Home is wherever we are if there's love there too

Vamos à andança...


"Lar é onde vivemos agora". Verdade. Vi essa frase alguns dias depois que cheguei em Perth, cidade em que estou morando agora. Meu mais novo lar. Na canção Home do Jack Johnson, uma das frases que mais me chamou atenção está no belo refrão, cantado suavemente pelo surfista em um ritmo tranquilo, como de costume com cada nota precisamente casando com uma sílaba: "Então tentei entender o que eu não posso segurar em minhas mãos. Onde quer que estejamos, nosso lar é ali também. E se você puder, tente encontra-lo também, pois nosso lar é onde quer que estejamos se houver amor lá também". Verdade. É por isso que a casa dos nossos pais sempre vai ser um dos nossos lares, pois lá há amor. Daqueles caprichados, incondicionais. Aliás, esse foi um dos motivos que me fez ter coragem de viajar para tão longe. Pensei: se nada der certo, eu volto pra casa - o que não seria nenhuma derrota. Aliás é pra lá que eu voltarei após vencer todas as batalhas daqui. Lá é eu meu lar. Mas Perth é meu lar também. E já que estamos falando em lares - aquela sensação gostosa de estar tranquilamente protegido de todas mazelas do mundo - não posso evitar de pensar que, cada vez que fui pro Guarujá também me senti em casa olhando para aquele mar que agora está tão longe daqui. O mar de Scarborough é mais bonito, devo admitir, mas é tão eficiente em me transportar pra casa quanto o da boa e velha Enseada. Não posso deixar de falar do Rio, é claro - mais um dos meus lares e, que Deus me ouça, ainda será por muito tempo. Há ainda tantos lugares que me fizeram me sentir em casa, seja por sua tranquilidade, seja por suas pessoas adoráveis, que agora entendi o que o mestre Johnson quis dizer com sua música. Encontrei amor em todos esses lugares que fui. Lar é onde quer que estejamos se lá houver amor também. Vi amor nos olhos do trabalhador paulistano no metrô, todos os dias em que voltei do serviço. Senti amor no vendedor de queijo coalho do Guarujá, enquanto ele me dizia que seu trabalho era o melhor do mundo, pois o permitia olhar o mar todos os dias. Ouvi amor no sotaque carioca do motorixta do ônibux que deu risada quando passei do ponto, mas gentilmente me informou o ônibus correto para eu voltar sem maiores preocupações. Posso perceber amor no transeunte australiano que sorri ao passar por mim na rua, mesmo eu sendo um completo estranho. E mesmo que tenha ficado só algumas horas numa conexão na África do Sul, admito que vi amor no sorriso contagiante do piloto do avião que retornava pra sua casa. Não duvido que faria mais um lar naquele país, se eu tivesse a chance. Além desse, há uma lista de países onde quero criar novos lares e, mesmo antes de ir, sei que serão lares de verdade. O fato é que o mundo é nosso lar. Não importa onde ou com quem você está. Se houver amor, tudo fica claro e confortável. Tudo se torna suave como essa canção do brother Jack - serena como o mar numa tarde de verão. Tudo fica protegido de qualquer ruído, lacrado contra o mal e pronto para te receber de braços abertos como um abraço dos seus pais há muito esperado. Faça do mundo seu lar. Faça do local onde você vive agora, seu lar. Cultive, ame, respeite e construa. No filme Cruzada, o personagem de Orlando Bloom diz: "Essa é minha terra, que tipo de homem eu seria se não tentasse melhorá-la?". Esse é mais um mestre que descobriu o lar exatamente onde ele estava naquele momento. Faça como ele. Faça como Jack Johnson. Espalhe amor por onde for e seu lar será exatamente aqui, exatamente agora ;)

Nunca ouviu?

Seu lar está nessa canção:

5 comentários:

Paula Alvarez disse...

UAU!!!!

Que lindo o texto Felipe :)
Carambaa....e com certeza, o lar é onde estamos agora e tendo amor, estamos bem!!!

Beijãozão*

Andarilho disse...

Valeu Paulinha!! Suadades de vc meu!! Cade os emails?? Hahahaha.. Beijao obrigado pelo comentario, fico feliz q curtiu ;)

Paula Alvarez disse...

Oieeeeeee!!!

Poxaaaaaa hahaha agora que você está nas redes sociais, esqueci do e-mail!!!! Em qual eu mandooo?!!!!

Curti...sempre passo aqui!!!

beijãozão se cuidaaa*

Jun disse...

só digo uma coisa:
são paulo não é mais a mesma sem a sua presença
abrassssssss

Andarilho disse...

E ai Mestre Junzeira!!! Obrigado pelas palavras. Tb digo que Perth seria muito melhor com um mestre e brother que nem vc!! Mas em breve estarei aí pra tomarmos mais umas... Abssssss

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...