Leia também!

Meu doce Deus

26/12/2012

Uma obra que te faz entender o que não pode ser explicado

Nessa última semana tive a imensa honra de dividir momentos de confraternização com pessoas muito especiais, graças ao Natal. Infelizmente minha empresa não emendou nenhum diazinho sequer, então tive que acordar cedo todos os dias pra continuar na batalha. O cansaço às vezes cutucava. E isso que nem tive a chance de estar com todos com quem gostaria. Alguns ainda verei nos próximos dias, se tudo correr bem. Mas a lição que tirei desses dias foi que, por mais que o desgaste físico vez ou outra se impôs, mais alto ainda falou a felicidade de ter pessoas tão importantes ao meu redor. É pra todas essas pessoas que dedico essa música, do meu Mestre ex-Beatle, George Harrison. Essa é uma canção de seu disco "All Things Must Pass", de 1970, umas das minhas fontes de energia inesgotável. Segue a letra:




My Sweet Lord
(Harrison)

My sweet lord
Hm, my lord
Hm, my lord

I really want to see you
Really want to be with you
Really want to see you lord
But it takes so long, my lord

My sweet lord
Hm, my lord
Hm, my lord

I really want to know you
Really want to go with you
Really want to show you lord
That it wont take long, my lord (hallelujah)

My sweet lord (hallelujah)
Hm, my lord (hallelujah)
My sweet lord (hallelujah)

I really want to see you
Really want to see you
Really want to see you, lord
Really want to see you, lord
But it takes so long, my lord (hallelujah)

My sweet lord (hallelujah)
Hm, my lord (hallelujah)
My, my, my lord (hallelujah)

I really want to know you (hallelujah)
Really want to go with you (hallelujah)
Really want to show you lord (aaah)
That it wont take long, my lord (hallelujah)

Hmm (hallelujah)
My sweet lord (hallelujah)
My, my, lord (hallelujah)

Hm, my lord (hare krishna)
My, my, my lord (hare krishna)
Oh hm, my sweet lord (krishna, krishna)
Oh-uuh-uh (hare hare)

Now, I really want to see you (hare rama)
Really want to be with you (hare rama)
Really want to see you lord (aaah)
But it takes so long, my lord (hallelujah)

Hm, my lord (hallelujah)
My, my, my lord (hare krishna)
My sweet lord (hare krishna)
My sweet lord (krishna krishna)
My lord (hare hare)
Hm, hm (gurur brahma)
Hm, hm (gurur vishnu)
Hm, hm (gurur devo)
Hm, hm (maheshwara)
My sweet lord (gurur sakshaat)
My sweet lord (parabrahma)
My, my, my lord (tasmayi shree)
My, my, my, my lord (guruve namah)
My sweet lord (hare rama)

(hare krishna)
My sweet lord (hare krishna)
My sweet lord (krishna krishna)
My lord (hare hare)

Vamos à andança...

Nos últimos anos tenho dado mais ouvidos ao meu lado mais espiritual. É por isso que, dos ex-Beatles, George Harrison é o que mais tenho escutado. "All Things Must Pass" é um disco quase que inteiramente voltado à Deus. Então por quê eu, um mero ouvinte qualquer, não poderia dedicar um único post à Deus? Então aí vai.

Harrison começa, acompanhado de seu riff suave, gracioso, como sua própria voz: "Meu doce Senhor, realmente quero Te ver. Realmente quero estar com com Você, mas ainda vai demorar, meu Senhor". Sua voz soa meio em admiração, meio em conformidade, como quem tem vontade - e capacidade - de tocar o sol, mas, por algum motivo, ainda não tem a permissão. No balanço gostoso, agora com riff da guitarra misturado ao violão, ele continua seu mantra contemplativo à sabedoria suprema: "Realmente quero conhecer Você. Realmente quero ir com Você. Realmente quero mostrar à Você, mas ainda vai demorar, meu Senhor". O refrão, tão delicioso quanto os versos apenas recita: "Hmm, meu doce Senhor" como uma oração capaz de instaurar amor altruísta naquele que a diz com sinceridade. Não duvido que seja assim, de fato. Enquanto a canção avança, um coro de crianças passa a permear os versos de George com os mantras de "Aleluia" e Hare-Krishna, estes últimos famosos por sua difusão do amor e iluminação inspirados no hinduísmo. A combinação dos backing vocals tipicamente beatles alternando os mantras do vocalista são de uma docilidade incrível. Assim como Harrison, nos faz querer conhecer Deus, estar com Ele, -lo, e ir com Ele. É até de entender sua quase frustração pela "demora" em que isso aconteça em sua forma mais pura. É o tipo de canção que te faz perceber tudo um pouco mais claramente. Que te aproxima de Deus. Que, como pede Jorge Ben, te deixa conhecer um pouco de sua "Sabedoria Eterna". E, próximo Dele, faz com que você perceba o quão é abençoado. Faz você saber que cada pessoa que você encontra na vida possui uma parte Divina e por isso você precisa tratá-la com todo amor e respeito. Faz você compreender que tudo tem um motivo e não se revoltar com coisas aparentemente ruins que te acontecem. É o tipo de obra que faz você se sentir plenamente completo com cada outro elemento vivo no mundo, ainda que vocês encontrem-se misteriosamente separados pelo corpo. Faz você saber que cada momento é mágico e único e cada pessoa um verdadeiro milagre vivo. Faz você comprometer-se em dar o melhor de si - sem esperar nada em troca. Essa música faz com que você esqueça de qualquer julgamento ou associação que exista entre você e qualquer outra pessoa, passando a enxerga-la simplesmente como alguém absolutamente inesquecível. Faz você se sentir realizado mesmo não tendo feito nada considerado extraordinário, pois na verdade, tudo é extraordinário. No final das contas, My Sweet Lord te lembra de você já ama esse mundo e que, qualquer tentativa de te separar ou afastar da luz se revele uma mera e impotente ilusão.

Sei que Meu Doce Senhor não precisaria que eu escrevesse tudo isso pra que Ele soubesse. Mas, em minha mais pura tolice, ainda insisto nessa escrita para que o texto me lembre do que eu não posso esquecer, um minuto sequer no resto da minha vida ;)

Nunca ouviu?

Encontre seu doce Senhor. Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...