Mais um livro do Andarilho

Amarrado!

18/04/2012

Uma guitarra, uma levada e um grito. Perfeito.

O efeito de ficar um tempinho - por mais curto que seja - sem ouvir determinada banda traz sempre bons resultados. A bola da vez foi com a pérola XYZ e seu primeiro e explosivo disco, auto-entitulado, lançado em 1989. Essa é a canção que está dominando meu player e fazendo com que eu a escute pelo menos uma vez por dia, ou duas dependendo da dose de energia necessária. Confira. Segue a letra:




Tied Up
(Diglio/Fontaine/Ilous/Monroe)

Maybe I'm under a spell, addiction is blind
Sorry heaven or hell, I don't seem to mind
I'm caught in a game
Where a heartache is fine

I pull on the chain
When pleasure is pain
All the pleasure is mine

You got me tied up in love
Hunter and prey
Oh baby
Tied up in love and I can't get away
I'm tied up in love

Maybe we're locked in a cage, partners in crime
Sorry passion or rage, show me the line
I'm searching for me
Through the eyes of a fool

I can't seem to see
Who else to be
But yours, tender or cruel

You got me tied up in love
Master and slave
Oh baby
Tied up in love and I can't get away

I'm tied up in love
I'm tied up in love
And I can't get away
Tied up in love
Hunter and prey
You got me tied up in love
And I can't get away
I'm tied up in love

Vamos à andança...

Antes de ficar esse tempo sem ouvir XYZ eu não tinha reparado corretamente em Tied Up. Acho que fiquei tão enfeitiçado pela vigorosa Take What You Can ou pela C'mon and Love Me (que em breve receberá uma viagem exclusiva) que não sobrou cérebro pra viajar adequadamente no final do disco, que é onde encontra-se a canção de hoje. Tied Up é do tipo de música que me ganhou por um ou dois trechos em especial. Fisgado por esse pedaço acabei por apreciar com o real carinho cada elemento da canção. É mais ou menos o que aconteceu com o tecladinho furioso dos The Cars, ou com o solinho agudo de Smoke On The Water do Deep Purple. No caso dos XYZ, mais uma vez o responsável pelo anzol é o vocalista sensacional Terry Ilous. Em certo ponto da obra - mais precisamente logo antes do refrão - ele solta um grito poderosíssimo: "You got meeee!" no que já emenda-se o coro, igualmente violento: "Tieeeeed Uuuuuuuuuup". Traduzindo, a frase ótima fica mais ou menos: "Você me tem amarrado!". Não tão excelente quanto em inglês, mas a ideia é essa. O narrador foi pego, como costumamos dizer. Está apaixonado, amarrado, e grita isso com orgulho em plenos pulmões na voz absurdamente boa de Ilous. Ouça e me diga se esse grito não faz sua aura aumentar em 50% e seu QI em 20 pontos. O primeiro grito vem no minuto 1:07. Experimente. Outros virão mais a frente, é claro, para nossa alegria. Não é preciso nem dizer que todo o trabalho instrumental da banda acompanha essa energia ótima. Paul Monroe inicia a canção com pancadas fortes em sua bateria e mantem o pique agressivo até o final. Marc Diglio, fenomenal guitarrista também nos brinda com mais um riff extraordinário de sua vasta galeria. Somando riff, mais as pedradas na bateria com a levada do baixo de Patrick Fontaine, mais a voz de Terry conduzindo essa letra temos simplesmente um Hard Rock perfeito. Enquanto o refrão mantém o coro: "Você me tem amarrado em amor. Mestre e escravo, oh baby, amarrado, apaixonado e eu não posso escapar" a guitarrinha ao fundo solta dedilhadas precisas. Uma viagem sensacional, tão potente e espetacular quanto esse grito: "TIED UP!" ;)

Nunca ouviu?

Você agora está AMARRADO!!! Escute:

2 comentários:

Alan Borges disse...

cara, esse é o bacana do hard, ele trás uma energia positiva muito diferente... O ritmo selvagem da bateria é doideira... hahahahaha

ÉKS UAI ZI FOREVER

Andarilho disse...

Salve grande mestre! Valeu pelo comentário... XYZ é daquelas bandas que dá um Up em qualquer hora. TIEEEEEED UUUUUUP!! Muito bom! Abração

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...