Leia também!

Começar agora mesmo

09/06/2011

A primeira impressão musical

Um dos mais sábios ensinamentos populares é aquele que diz: "A primeira impressão é a que fica". Em todas as formas de relações sociais, essa frase é real. No mundo da música, a realidade é a mesma. Claro que há exceções, caso de bandas em que você precisa ouvir mais de uma vez - as vezes até muitas vezes até gostar, mas quando a primeira impressão é incrível, não há o que discutir. E assim foi com Rancid, quando, muitos anos atrás, ouvi essa canção do disco "Indestructible" (2003) e nunca mais esqueci. Segue a letra:




Start Now
(Fredericksen / Armstrong)

Another lesson has been learned,
In this days' modern times,
Strangers in the mist appear,
Now there's war, all the time,
Systematically go and destroy,
Commit another atrocity,
Aggressors are in their places,
Man-made catastrophe.

I'm not looking for a fight now,
And I don't care who's wrong or right now,
So release the dove into flight now,
So we can start right now,
We can start right now.

A small key's gonna open the door,
Across the border to a new land,
And in the new land a sand storm roars,
Under spell and the ghost of a man,
A pack of men, they're yours to stay,
Their prayers fall upon deaf ears,
Machiavelli owns a machine gun now,
And I see it in the mask and a puppeteer.

I'm not looking for a fight now,
And I don't care who's wrong or right now,
So release the dove into flight now,
So we can start right now,
We can start right now.

Humanity has no blame in this case, this big game of chess for us all,
Hostility explodes in the mess, now your arm got blood all over the world,
And clear day turns to dark, blindfolding prisoners of war,
And solidarity, on the razor's edge, boy, what? You're a big puncher now, right?
Yeah?.... Ha!.... Nah.... I don't fucking think so!
Ha ha ha!

I'm not looking for a fight now,
And I don't care who's wrong or right now,
So release the dove into flight now,
So we can start right now,
We can start right now.

Vamos à andança...

Uma vez um amigo me disse que nunca esqueceu a primeira vez que ouviu Deep Purple, uma de suas bandas de cabeceira. Na hora, segundo ele, não conseguiu acreditar num som tão bom. O mesmo aconteceu quando ouvi Start Now, do Rancid. Na época tudo o que eu precisava era uma melodia rápida, alegre e empolgante. Rancid supriu completamente essa necessidade com muito estilo, visto que depois disso me tornei grande fã da banda até hoje. Start Now começa com um um riff seco ao fundo enquanto Tim Armstron sussura os versos iniciais: "Outra lição foi aprendida nesses tempos modernos. Estranhos aparecem na névoa e agora há guerra toda hora". Logo a bateria e baixo entram fortes e a melodia ganha um ar enérgico muito agradável, conduzido pelo ritmo meio ska, meio punk tão marcante nas raízes da banda. Armstrong continua até que a banda vira para um excelente refrão, o grande responsável pela pedrada na mente de quem estiver despreparado. Eles cantam: "Não estou procurando por briga agora, e não ligo pra quem está certo ou errado agora. Então solte o pássaro para um vôo agora e podemos começar agora mesmo". A repetição do "now" no fim de cada verso é de propósito e é justamente o responsável pelo ritmo sensacional. A genial rima fica por conta do que acompanha essa palavra ("fight", "right", "flight"), formando um refrão gostoso de ouvir. Grudento sim, e muito emocionante com os backings ao fundo. Só pelo refrão já vale viajar na canção, mas Rancid ainda tem muita maestria instrumental pra oferecer um ótimo solo de Lars Frederiksen e, é claro, um baixo de Matt Freeman, sempre destruindo ao fundo. Star Now é uma pérola rápida, um tiro certeiro pra quem quer ser atingido com alegria e bom som. O que mais você poderia querer? ;)

Nunca ouviu?

Então comece agora mesmo! Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...