Viaje neste blog

É assim que o amor é

02/05/2011

A dura estrada do amor por vozes bem macias

E mais uma vez meus amigos "Compromissados" aparecem com uma bela performance iluminativa de um clássico do soul. A luz veio por meio da canção "That'st the way love is", originalmente gravada pelos Isley Brothers em 1967 e que posteriormente ficou ainda melhor na regravação de Marvin Gaye, em 1969. Por incível que pareça a canção conseguiu ficar ainda mais viajante na versão dos Commitments, em 1992, seguindo essa mesma pegada de Gaye. Faz parte do segundo disco deles, o "The Commitmetns - Volume II". Segue a letra:





That's the Way Love Is
(Whitfield / Strong)

Ah baby
After many tears fall from your eyes
A thousand times you ask yourself why

The one guy you love has departed
You're left alone and broken-hearted

Love just comes and goes
How long it's gonna last nobody knows

That's the way love is, baby
(That's the way love is, sugar, how it is)
That's the way love is, honey
(That's the way love is, sugar, how it is)

That's how it is
I know you're walkin' down a lonesome road
And your heart is carryin' a heavy load
I know you feel like you ain't got a friend (ain't got a friend)
And your whole world's cavin' in (cavin' in)
Ah, but now is the time to be strong (to be strong)
You better forget him now that he's gone (now that he's gone)
Remember...

That's the way love is, baby
(That's the way love is, sugar, how it is)
That's the way love is, honey
(That's the way love is, sugar, how it is)

Listen to me, little darlin'
The road of love is rough sometimes
But don't let it get the best of you
I've been hurt by love so many times
I know just what you're goin' through
You wish you were never born
You better forget him now that he's gone

That's the way love is, baby
(That's the way love is, sugar, how it is)
That's the way love is, honey
(That's the way love is, sugar, how it is)

Wipe away your tears
Love is here today and gone tomorrow
(That's the way love is, sugar, how it is)
All your joys turn to sorrow
(That's the way love is, sugar, how it is)
One day gladness, and the next day sadness
(That's the way love is, sugar, how it is)

Vamos à andança...

Commitments é sinônimo de uma voz grave e poderosa - dificilmente imitável - de Andrew Strong que tanto emociona em canções como Dark End of the Street e Midnight Our. Porém, algumas das canções que exigiam um toque feminino sedutor e emotivo eram cantadas pela graciosa Maria Doyle Kennedy. Essa garota, com uma voz potente e afinadíssima, cria aqui em That's the Way love Is o clima perfeito pra essa canção desalentada e - em alguns pontos - sarcástica. Nela, ela fala à uma interlocutora - provavlemente uma amiga que sofreu uma desilusão amorosa - que o amor tem mesmo esse lado triste. Afinal, "é assim que o amor é"... A canção começa com uma base lenta formada pela guitarra suave e a bateria com poucas batidas numa pegada de jazz. Maria então surge com as frases dolorosas, porém ótimas aos ouvidos: "Depois de tantas lágrimas caírem de seus olhos, de milhões de vezes você se perguntar o motivo, o cara que você ama partiu e te deixou sozinha de coração quebrado". Nessa última frase, a moça dá uma puxada na voz que já arrepia. E isso não é nem metade do que ela faz mais à frente. Ao fundo, as backing vocals mandam graciosamente os versos "That's the way love is. Sugar, how it is". É um trabalho impecável o a harmonia dessas cantoras. O equilibrio entre a voz principal e as vozes de apoio flui de forma tão orgânica que você viaja pelo rítmo e pelas vozes. E o show não pára. Kennedy cria umas vocalizações ótimas quando a instrumentação domina, pra depois cair novamente no rítmo inicial tão envolvente, onde ela continua a letra: "Ouça-me querida, a estrada do amor muitas vezes é difícil. Mas não deixe isso tirar o melhor de você. Eu fui machucada pelo amor muitas vezes. eu sei o que você está passando. Você deseja nunca ter nascido, mas é melhor esquecê-lo agora que ele se foi". Como dito acima, a letra é melancólica, mas tratada com um ritmo doce e suave. "É assim que o amor é". Doce, suave, às vezes amargo, mas sempre com um ritmo irresistível ;)

Nunca ouviu?

É assim que a viagem é. Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...