Viaje neste blog

Publicidade

[LADO AB] Mulher Americana

04/02/2011

É uma tarefa impossível tentar eleger o melhor vocalista do rock. Não acredite em revistas com Top10 ou Top 50 ou Top 300 Mil. Mesmo que cada um tenha seu preferido, simplesmente não há como saber quem é melhor, e um simples motivo é o de que cada momento, cada canção tem um vocalista especial exatamente para aquela ocasião. Cada momento é único e no rock não é diferente. Um vocalista é único também; e para ilustrar isso aqui vai o LADO AB de hoje: dois vocais absurdos em arranjos bem diferentes que deram à canção um ar único em cada versão. Burton Cummings, vocalista do Guess Who e Lenny Kravitz encabeçam essa disputa da qual não há vencedor, já que ambos transformaram uma música em duas diferentes. Segue a letra:





American Woman
(Bachman / Cummings / Peterson / Kale)

American woman, stay away from me
American woman, mama let me be

Don't come hanging around my door,
I don't want to see your face no more
I got more important things to do
Than spend my time growin' old with you

Now woman, I said stay away
American woman, listen what I say
American woman, get away from me
American woman, mama let me be

Don't come knocking around my door,
I don't wanna see your shadow no more
Colored lights can hypnotize,
Sparkle someone else's eyes

Now woman, I said get away
American woman, listen what I say
American woman, I said get way
American woman, listen what I say

Don't come hanging around my door,
Don't want to see your face no more
I don't need your war machines,
I don't need your ghetto scenes
Colored lights can hypnotize,
Sparkle someone else's eyes

Now woman, I said get away
American woman, listen what I say
American woman, stay away from me
American woman, mama let me be

I gotta go, I gotta getta away
I'm gonna leave you woman (4x)
Bye, bye... bye, bye
Bye, bye... bye, bye

And you're no good for me
And I'm no good for you
Looking at you, right in the eye,
Tell you whatI'm gonna do

I'm gonna leave you woman,
You know I gotta go
I'm gonna leave you woman,

I gotta go American woman
I gotta go
I gotta go American woman.

Vamos à andança...

O Guess Who é uma banda pouco conhecida do público geral. São poucos que já ouviram falar dessa banda de classic rock totalmente old school que dividia os anos com outras lendas como Creedence, Led Zeppelin e Grand Funk Railroad. Entretanto não se pode dizer o mesmo de seu hit American Woman, lançado no álbum de mesmo nome em 1970. Quem não ouviu a banda estraçalhando vocais e cordas nessa canção ao menos a ouviu no filme "Beleza Americana" ou em alguma rádio. Se ainda assim houver quem não conhece essa canção original, certamente não há quem nunca ouviu quando Lenny Kravitz a regravou em 1999, nada menos que 30 anos depois. Uma canção eterna, com certeza. Ao ouvir as duas versões é possível supor que a de Kravitz é mais nova, apenas por ele ser Lenny Kravitz, sinônimo de modernidade. Não fosse isso, seria difícil distinguir, já que Lenny colocou suas próprias e invocadas guitarras, uma bateria violenta e principalmente uma introdução roqueira de tirar o chapéu capaz de fazer o sangue borbulhar. Lenny não é nem nunca foi um vocalista excepcional, mas sempre consegue mandar uns gritos incríveis e aqui não faz feio ao destruir com seus vocativos implorativos como "I gotta go! I Gotta get awaaaay" ("Eu tenho que ir embora"). Burton Cummings, 30 anos antes havia esgoelado também nesses versos violentos. Entretanto a voz do cantor do Guess Who, muito mais aguda e parecida com a do Robert Plant (Led Zeppelin), trazia um ar mais rock and roll clássico pra canção. A instrumentação da banda é impecável, principalmente a guitarrinha que come solta entre as estrofes, aguda como Cummings do início ao fim. Falando em início, a introdução do Guess Who é menos vigorosa e mais viajada que a de Lenny, começando com o riff mais leve, e a guitarra fazendo acordes agudos. Essa guitarrinha é a grande responsável pela viagem da música, ficando com Burton a responsabilidade de nos fazer chacoalhar a cabeça. Ao final suas vocalizações destilam ódio, numa perfomance incrível. Cada "Bye bye" é de chorar... Assim como a real Mulher Americana da música, que atormenta o narrador à ponto de deixa-lo quase maluco, a verdade é que a essa canção ainda vai mexer muito com a cabeça dos amantes do rock, seja a versão produzida em 70 ou no final dos anos 2000 ;)

Nunca ouviu?

Ela é sim boa pra você. Escute:

[LADO A] A versão original e violenta do GUess Who:



[LADO B] A versão cover e violenta do Lenny Kravitz:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...