Viaje neste blog

Publicidade

Devolva minhas balas

11/11/2010

No post anterior sobre os Irmãos do Rock, coloquei um vídeo de uma canção do Lynyrd Skynyrd, chamada Gimme Back My Bullets. Porém depois percebi que essa música - uma das minhas preferidas do Skynyrd - merece um post exclusivo devido ao seu arranjo absolutamente perfeito e a viagem que ela causa do início ao fim. Felizmente o vídeo que coloquei foi de uma versão dessa canção com o Lynyrd Skynyrd atual, reformulado pelo irmão Johnny Van Zant. Apesar de ser uma versão muito boa também, fica um pouco abaixo do nível da canção original, do Skynyrd de 1976. Essa vocês conferem agora - música e viagem. Segue a letra:




Gimme Back My Bullets
(Van Zant/Rossington)

Life is so strange when its changin', yes indeed
Well I've seen the hard times and the pressure's been on me
But I keep on workin' like the workin' man do
And I've got my act together, gonna walk all over you

Gimme back my bullets
Put 'em back where they belong
Ain't foolin' around 'cause I done had my fun
Ain't gonna see no more damage done
Gimme back my bullets

Sweet talkin' people done ran me out of town
And I drank enough whiskey to float a battleship around
But I'm leavin' this game one step ahead of you
And you will not hear me cry 'cause I do not sing the blues

Gimme back my bullets
Put 'em back where they belong
Ain't foolin' around 'cause I done had my fun
Ain't gonna see no more damage done
Gimme back, gimme back my bullets
Oh, put 'em back... where they belong

Been up and down since I turned seventeen
Well I've been on top, and then it seems I lost my dream
But I got it back, I'm feelin' better everyday
Tell all those pencil pushers, better get out of my way

Gimme back my bullets
Put 'em back where they belong
Ain't foolin' around, 'cause I done had my fun
Ain't gonna see no more damage done
Gimme back, gimme back my bullets
Oh put 'em back where they belong
Gimme back my bullets

Vamos à andança...

A introdução da música já diz muito sobre ela. Inicia com um trabalho avassalador entre baixo de Leon Wilkeson e a bateria de Artimus Pyle. Quase uma marcha, eles começam dando passos e parando, avançando e parando, intimidando e relaxando. A guitarra, mandando umas notas permeadas aqui e ali, fica com o papel de coadjuvante - indicada à Oscar, diga-se de passagem. O compasso que o baixo forma é de fazer jogar a cabeça pra frente e pra trás involuntariamente. Tipo de música que, se você vê num filme, naquela hora da "revanche dos protagonistas", faz querer estar ali também pra participar e chutar algumas bundas. E já que estamos falando de revanche, vingança ou qualquer coisa que envolva brigas e armas, vamos à letra. O título "Devolva minhas balas" deixa margem à algumas viagens. Ronnie Van Zant canta uma letra desalentada sobre algum pistoleiro andarilho forçado à mudar de vida, o que o deixa insatisfeito. Os versos trazem alguns desabafos quanto à isso, como em: "A vida é tão estranha quando está mudando. Eu tive dias duros e a pressão me pegou, mas eu continuo trabalhando como um homem faz" na primeira estrofe e: "Estou deixando esse jogo, um passo na sua frente, e você não vai me ver chorar por que não estou cantando um blues" na segunda. A terceira é toda interessante na letra ("Subi e desci desde que tinha 17 anos. Cheguei ao topo, mas parece que perdi meu sonho. Mas peguei ele de volta e estou melhor à cada dia. Diga àqueles empurradores de lápis, melhor saírem do meu caminho") e nos vocais de Van Zant, com um destaque pra engrossada ameaçadora: "Better get out of my away" que já emenda no refrão. Esse, por sua vez, em termos musicais é um dos pontos mais altos do Lynyrd, quiçá do rock and roll inteiro sem nenhum exagero. Quando Ronnie emenda o "Gimme back" há uma pausa na instrumentação como a marcha citada acima, que imediatamente volta quando ele completa: "Gimme back my bullets". Logo após a última palavra a guitarra solta uns agudos. É impecável e imperdível. Altamente viajante. Estamos falando de Lynyrd Skynyrd, um nível alto de música, capaz de nos transportar até a história do pistoleiro, e com ele procurar suas balas pra endereçá-las aos injustos ;)

Nunca ouviu?

GIMME BACK! Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...