Viaje neste blog

Publicidade

Uma bagunça de blues

28/07/2010

Não me canso de descobrir cada vez mais que Elvis Presley realmente era o cara. Cada vez que ouço um disco dele percebo um detalhe, alguma coisa de fundo, um verso que comprova que ele sempre esteve à frente do seu tempo e continua, até hoje, moderno. Essa canção mostra muito disso. Foi um single lançado em 1960. Segue a letra:





A Mess of Blues
(Pomus / Shuman)

I just got your letter baby
Too bad you can't come home
I swear I’m goin' crazy
Sittin' here all alone
Since you're gone
I got a mess of blues

I ain't slept a wink since Sunday
I can't eat a thing all day
Every day is just blue Monday
Since you've been away
Since you're gone
I got a mess of blues

Whoops there goes a teardrop
Rollin' down my face
If you cry when you're in love
It sure ain't no disgrace

I gotta get myself together
Before I lose my mind
I'm gonna catch the next train goin'
And leave my blues behind
Since you're gone
I got a mess of blues

Whoops there goes a teardrop
Rollin' down my face
If you cry when you're in love
It sure ain't no disgrace

I gotta get myself together
Before I lose my mind
I'm gonna catch the next train goin'
And leave my blues behind
Since you're gone
I got a mess of blues

Since you're gone I got a mess of blues
Since you're gone I got a mess of blues

Vamos à andança...

Começa um pianinho como quem não quer nada. Muito agradável e tranquilo. Elvis então começa com a sua voz já mostrando a que veio - e não é pra brincar: "Acabei de ver sua carta, garota. Que ruim que você não pode voltar pra casa. Juro que estou ficando louco, sentado aqui sozinho". E aqui entra o verso que traz o título, numa viradinha e uma alongada maravilhosa de Presley: "Since you're goo-ooo-ooo-ne I got a mess of blues" ("Desde que você se foi eu toco uma bagunça de blues"). Uma "bagunça de blues". A partida de sua pequena atrapalhou o que ele faz de melhor. Sinal que o cara valorizava ela bastante. Ele continua cantando cada verso nesse ritmo excelente, alternando seus agudos e graves com maestria e acompanhado de fundo por uns backings ótimos "Woo-hoo". O pianinho continua comendo solto. Depois há uma nova virada na canção e ele desabafa: "Opa, aí vai mais uma lágrima, rolando pelo meu rosto. Se você chora quando está apaixonado, certamente não é ruim". E já emenda no ritmo anterior: "Eu tenho que ficar atento, antes que eu perca a minha cabeça. Vou pegar o próximo trem e deixar minha tristeza pra trás. Desde que você se foi eu toco uma bagunça de blues!". Aqui detalhe pro trocadilho excelente entre "blues" como "tristeza" e "blues" como ritmo. Aliás não ficaria ruim também ele partir pra deixar seu blues pra trás, já que agora ele está uma bagunça. Mas se uma bagunça resulta nessa canção, então melhor deixá-la assim. Perfeita. Enquanto eles não se acertam a gente curte a ondulante voz do rei: "Since you're goo-ooo-ooo-ne I got a mess of blues" ;)

Nunca ouviu?

Ouça antes que ele se alegre de novo. Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...