Sobre o Autor

Minha foto

Sou um homem em constante dualidade. Metade de mim queria ser um astro do Rock. A outra metade um monge budista. O resultado disso foi um blog que mistura John Lennon e Jesus Cristo e um livro chamado Heróis e Anônimos.

Você me pegou e eu não consigo mais dormir a noite

06/06/2010

Desde que comecei a ouvir Kinks eles não saem do meu player. São tão bacanas e com uma energia tão boa que vira e mexe me pego cantarolando essa canção deles - vocalizando inclusive o riff de guitarra excelente. Além disso, o detalhe principal dessa música, é a importância das pessoas que compõem a obra, como os amigos que completam nossas vidas. É do primeiro álbum deles, de 1964, chamado simplesmente de "Kinks". Simples e eficaz. Segue a letra:





You Really Got Me
(Davies)

Girl, you really got me goin'
You got me so I don't know what I'm doin'
Yeah, you really got me now
You got me so I can't sleep at night

Yeah, you really got me now
You got me so I don't know what I'm doin', now
Oh yeah, you really got me now
You got me so I can't sleep at night

You Really Got Me
You Really Got Me
You Really Got Me

See, don't ever set me free
I always wanna be by your side
Girl, you really got me now
You got me so I can't sleep at night

Yeah, you really got me now
You got me so I don't know what I'm doin', now
Oh yeah, you really got me now
You got me so I can't sleep at night

You Really Got Me
You Really Got Me
You Really Got Me
Oh no...

See, don't ever set me free
I always wanna be by your side
Girl, you really got me now
You got me so I can't sleep at night

Yeah, you really got me now
You got me so I don't know what I'm doin', now
Oh yeah, you really got me now
You got me so I can't sleep at night

You Really Got Me
You Really Got Me
You Really Got Me

Vamos à andança...

Nesses últimos dias, viajei com pessoas muito queridas e vivi momentos muito bons. Momentos bons e pessoas queridas me trazem músicas boas à cabeça. Uma delas foi essa dos Kinks. O que mais me chama a atenção, além do riff eternamente marcante, é a energia positiva dessa letra. Positiva como são os momentos sensacionais que vivemos com essas pessoas. Além disso a letra fala de amor. Oh yeah... Depois do riff já citado e da apresentação da bateria, eles começam: "Menina, você realmente me pegou. Você me pegou e eu já não sei mais o que estou fazendo. Yeah, você realmente me pegou agora. Me pegou e eu não consigo mais dormir a noite". Então entram os vocais de apoio, tão fortes quanto o riff e o vocal principal. É de multiplicar a alegria, assim como fazem os amigos quando estão presentes: "Yeaaaaah, você me pegou de vez!", eles dizem, junto com o resto da estrofe. Eles repetem, e a gente ouve, quantas vezes forem necessárias. Pois é uma música simples, e como diria um ótimo professor que tive na faculdade: "Tudo que é simples, é muito bom". E é verdade. Essa música é simples, vibrante e sensacional e essa estrofe/refrão repetida pelas vozes tão empolgadas da banda termina num poderoso: "You really got me, you really got me!" com uma acelerada na instrumentação. Ray Davies continua: "Veja bem, nunca me liberte, pois eu sempre quero estar do seu lado. Menina, você me pegou agora. Você me pegou e eu não consigo mais dormir a noite". Mais uma vez ele acelera, recebe o apoio dos amigos, empolgam e terminam no enérgico: "You really got me!". Nos dão até o luxo de gritos alucinados antes de um solinho rápido, porém maravilhoso. Quem escutar o potente "Ohhhh no!" antes do solo e não sentir vontade de dançar é porque está com sérios problemas sensoriais. Experimente. Melhor, faça isso com seus amigos. Chame-os para uma viagem, joguem baralho, falem besteiras, ouçam músicas e se divirtam. Mas tudo isso tem que ser com a mesma intensidade e alegria dessa canção dos Kinks. Só assim será uma experiência completa e única ;)

Nunca ouviu?

Deixe essa te pegar de jeito. Escute:

Um comentário:

Danusa disse...

Tenho medo do poder q as músicas apresentam!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...