Viaje neste blog

Mulheres, whisky e milhas na estrada

29/06/2010

Como fiz mais uma viagem bacana com os amigos nesse fim de semana, nada mais justo do que uma música de andarilho, daqueles que curtem pegar uma estrada (e no caso dessa canção, muito mais do que isso). Essa é do Lynyrd Skynyrd, em homenagem às conversas que tive com meu amigo Silvério, sobre essa banda. Faz parte do terceiro álbum deles - "Nuthin Fancy" - de 1975. Segue a letra:





Whiskey Rock-a-roller
(King / Van Zant/ Powell)

I'm headed down a highway got a suitcase by my side
Blue skies hangin' over my head I got 500 miles to ride
I'm goin' down to Memphis town to play a latenight show
I hope the people are ready there 'cause the boys are all ready to go

Well, I'm a whiskey rock-a-roller
That's what I am
Women, whiskey and miles of travellin'
Is all I understand

I was born a travellin' man and my feets do burn the ground
I don't care for fancy music if your shoes can't shuffle around
I got a 100 women or more and there's no place I call home
The only time I'm satisfied is when I'm on the road

Well, I'm a whiskey rock-a-roller
That's what I am
Women, whiskey and miles of travellin'
Is all I understand

Sometimes I wonder where will we go
Lord don't take my whiskey, rock and roll

Take me down to Memphis town, busdriver get me there
I got me a queenie she got longbrown curly hair
She likes to drink Old Grandad and her shoes do shuffle around
And everytime I see that gal
Lord she wants to take me down

Well, I'm a whiskey rock-a-roller
That's what I am
Women, whiskey and miles of travellin'
Is all I understand

Sometimes I wonder where will we go
Lord don't take my whiskey, rock and roll

Vamos à andança...

"As pessoas se perguntam: o que é um Rock-N-Rolla?
Alguns se satisfazem com dinheiro,
Alguns se satisfazem com drogas,
Alguns com sexo, com o glamour, com a fama...
Mas um rock-n-rolla só se satisfaz com tudo isso."

(Rock-and-rolla)

Essa é a premissa de um filme muito bom do grande cineasta Guy Ritchie. O filme é de 2008, mas o espírito já estava numa música de rock de mais de 30 anos antes. Lynyrd Skynyrd são os responsáveis pela primeira aparição do rock-n-roller: o cara que curte viagens, bebidas, músicas e noitadas. Olha só a primeira estrofe, depois de um riff promissor na guitarra: "Tenho uma longa estrada pela frente e uma mala do meu lado. Céu azul sobre minha cabeça e 500 milhas para dirigir. Vou para Memphis para tocar num show noturno. Espero que as pessoas estejam preparadas porque os garotos estão todos prontos". Aí entra o refrão, bastante empolgante que entrega: "Sou um Whiskey rock-a-rolla, é isso que eu sou. Mulheres, whiskey e milhas de viagem é tudo que eu entendo". Isso mostra claramente o que está por trás de um rock-and-rolla: nada para ser levado a sério na vida - apenas a curtição do momento. Ele continua na próxima estrofe: "Eu nasci como um homem viajante e meus pés queimam pela estrada. Não ligo para música estravagante se seus sapatos dançarem por aí. Consigo cem mulheres ou mais e não há lugar que eu possa chamar de casa. O único lugar que eu me sinto satisfeito é na estrada". Aí volta outra vez o refrão animado. A instrumentação é impecável, como é de se esperar de uma canção do Lynyrd Skynyrd. Os caras mandavam bem demais, proncipalmente no trabalho entre guitarra e baixo e aqui não há exceção. O solo de guitarra é ótimo e coloca ainda mais animação nesse espírito aventureiro e desvairado do Rock-and-rolla. Para encerrar uma caidinha na instrumentação que fica levemente mais lenta onde Van Zant diz com sua voz caricata: "As vezes eu me pergunto? Onde vamos parar? Senhor, não tire meu whiskey e meu rock-and-roll". Esse é todo o pedido do cara. O meu, um simples andarilho, é ouvir de novo essa canção ;)

Nunca ouviu?

Satisfaça-se com essa experiência toda. Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...