Leia também!

Tão bom quanto você tem sido pra esse mundo

30/05/2010

Assim como o grandioso Jimi Hendrix, há outra personagem lendária do mundo do rock que nos deixou cedo demais - inclusive no mesmo ano que o mestre da guitarra, 1970. É a Janis Joplin, de quem trago essa canção do espetacular disco "I Got Dem Ol' Kozmic Blues Again Mama!" lançado um ano antes, em 1969. Segue a letra:





As Good As You've Been To This World
(Gravenites)

Live your loving life,
Live it all the best you can
And if you pay no attention darling
To what you might ever hear from your man,
I think you’re just like a servant
And try to keep it all to yourself.
Don’t you know it makes the world go round,
You gotta go and honey share everywhere else.
Come on, come on, come on!

As good as you’ve been to this world
So good I wanna be right back to you.
As good as you’ve been now,
As good as you’ve been to this whole wide world,
So good I wanna be.
As good as you’ve been now, say,
As good as you’ve been to this whole wide world,
As good as you’ve been, babe,
So good I wanna be here.

Ain’t no use in being faithful,
I see you look at the sky.
I know what’s in it make you happy there,
But it only make you cry.
I think you got good intentions too,
They don’t manage to show through.
Whatever you give to the world outside,
I wanna give it right back to you, yes I am!
Come on, come on, come on!

So you meet somebody on the street,
You know you treat him mighty fine,
Or you meet somebody on the street
And you give him a real hard time.
It’s gonna come on home baby,
I said it’s gonna come right back home to you.
I said it’s gonna visit you now,
Yes it is, oh yes it is.

As good as you’ve been to this whole wide world,
As good as you’ve been, babe,
So good I wanna be here.
Oh, good as you’ve been to this whole wide world,
As good as you’ve been, babe,
So good I wanna be here.
Ah, the way you love your mother,
The way you love your sister, your brother,
The way you love your aunt, your uncle,
Anybody now, everybody now.

Good as you’ve been babe, hurrah!
Good as you’ve been babe, hey!
Good as you’ve been babe, hey!
Good as you’ve been babe
‘Cause I’m just gonna show you now
And I’m just gonna make you want it now
‘Cause I ’m just gonna give you a thrill
Say, good as you been babe,
hurrah, good as you been babe,
Come on, good as you been babe,
I say, good as you been babe,
Oh daddy, good as you been babe,
My man, good as you been babe,
All right, yeah hey.

Vamos à andança...

Hendrix era o cara da guitarra. John Bonham era o cara da bateria. Dio era o cara da voz. Mas o cara do trompete é um desconhecido chamado Luis Gasca. Digo isso por que essa é a música com o solo de trompete mais sensacional que já ouvi na vida. Ele tocou nessa canção de Janis uma introdução vigorosa de mais de 2 minutos, daquelas inspiradoras, de fazer o cara acordar as 6 horas da manhã dando gargalhada. E o rapaz não pára. Mesmo depois da introdução o cara continua arregaçando de fundo, agora que a atenção se concentra na voz majestosa de Janis. A rainha começa na mesma pegada. Parece que ela se inspirou tanto quanto nós ouvintes pelo trabalho inicial de sopro e decidiu começar com seus agudos poderosos cantando versos mais que estilosos: "Viva sua vida amorosa, e viva o melhor que puder. E se você não prestar atenção, querida, nas coisas que ouve do seu homem, acredito que você é apenas como uma empregada. Tentando guardar tudo pra si, sem saber que é isso que faz o mundo girar. Você tem que ir e desfrutar o mel que há em todo lugar". Aqui ela emenda um daqueles: "C'moooon, c'moooooon, c'moooooon" que só ela sabe fazer. Na estrofe que se segue a música da uma abaixada, e a voz de Joplin passa a falar em sussurro, vai aumentando, ganhando força e desenvolvendo aquele que seria o verso título: "Tão boa quanto você tem sido pra esse mundo, tão boa como eu quero ser". Os gritos aqui são magníficos. Depois a música acelera de volta e Janis diz mais algumas frases gritadas em perfeita afinação: "O que quer que você dê para o mundo, eu quero dar de volta pra você!" e "Quero devolver o jeito como você ama sua mãe, como ama sua irmã, seu irmão, como ama seu primo, seu tio, a todos!". Esse aqui é um verso que atinge a mesma inspiração dos trompetes e merece ser ouvido com gosto: "The way you love your mother, way you love your sister, your brother". Sensacional... Não é a toa que essa é a rainha suprema do rock and roll, lendária musa dona de uma das vozes femininas mais poderosas que já existiram. Espero que a inspiração dessa canção me ajude a me tornar tão bom para esse mundo, assim como ela foi pro mundo do rock ;)

Nunca ouviu?

Vai ser bom pra você também, assim como pra mim. Escute:

2 comentários:

Danusa disse...

Disse tudo sobre a rainha..e como tenho uma queda toda especial e declarada por vocais femininos...acertou em cheio..ela é louca e diva a melhor combinação..

Andarilho disse...

Haha, e eu que não sou tão fá de vocais femininos (exceto as backing vocals é claro...) não tenho como negar a maestria da rainha ;) Beijo!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...