Viaje neste blog

Publicidade

Um estranho alto, moreno e bonitão

08/05/2010

Nunca imaginei que ia cantar com entusiasmo uma música que tivesse em seu refrão a frase: "Eu tive um estranho alto, moreno e bonito"... Mas infelizmente essa é a letra de uma das músicas mais inspiradores que tenho ouvido nos últimos dias. Só poderia ser cantada por mulheres, então que sejam as melhores do Rock: Heart. Essa é do álbum de 1990, "Brigade". Segue a letra:





Tall, Dark Handsome Stranger
(Knight / Hammond)

I'm so tired of these men trying to
impress me with nothing
The same old routine and the smooth fancy talking
Now I know and believe that I found it for real
'Cos you're good and you're kind and
you care how I feel

I had a tall dark handsome stranger
I've had the devil in disguise
I've been attracted to the danger
But I was never satisfied
And I know what I like
And I like what I see in your eyes
You're so beautiful

I've been pushed I've been pulled
I've been put out and trod on
Just by taking my chances I finally
caught on
When I see in your eyes all the love
shining through
I'm so glad I held out for somebody
like you

I had a tall dark handsome stranger
I've had the devil in disguise
I've been attracted to the danger
But I was never satisfied
And I know what I like
And I like what I see in your eyes

Heaven must have sent you I know
You're so good to me
I feel good with you
I'd be such a fool to let you go
There's something about you
I can't live without you

I've had fast talking good looking men at my door
Now I'm a wiser woman than I was before

I had a tall dark handsome stranger
I've had the devil in disguise
I've been attracted to the danger
But I was never satisfied
And I know what I like
And I like what I see in your eyes

I had a tall dark handsome stranger
I've had the devil in disguise
I've been attracted to the danger
But I was never satisfied
And I know what I like

Vamos à andança...

Essa é, de longe, uma das músicas mais bem cantadas pela vocalista Ann Wilson. É impressionante o fervor na voz da mulher em cada momento. Nos primeiros versos ela faz um desabafo para o ouvinte, propositalmente sem dar ritmo as frases, porém ela encaixa com maestria o balanço poderoso que vai dominar a música inteira: "Estou cansada desses homens tentando me impressionar com nada. A mesma velha rotina e a mesma fala fantasiosa. Mas agora eu sei e acredito que encontrei algo real, pois você é bom e gentil e se importa como eu me sinto". O mais legal é a guitarra pesada que entra entre cada verso que ela diz - e depois canta. Aliás a guitarra começa desde o primeiro segundo destruindo e fazendo um dueto maravilhoso com o saxofone. São poucas músicas de rock que têm um instrumento de sopro realmente bem trabalhado no arranjo. Aqui está uma amostra de qualidade alta. Muito alta. Preste atenção no saxofone que entra no refrão junto com a mulher: "Eu tive um estranho alto, moreno e bonito [saxofone destruidor] Eu tive o diabo disfarçado [saxofone arregaçador] Fui sendo atraída pelo perigo [saxofone metralhador] mas eu nunca fiquei satisfeita [saxofone espancador]". É uma briga perfeita entre o sax e a vocalista pra ver quem é melhor. Mas ela é a melhor... Pois o refrão encerra com ela num grito profundo e sensacional, impossível de ser reproduzido por outra pessoa: "E eu sei o que eu gosto e EU GOSTO DO QUE EU VEJO NOS SEUS OLHOS!". Essa música poderia muito bem ser trilha sonora de um excelente filme oitentista - naquelas cenas em que mostra o protagonista fazendo o que ele sabe melhor. Se fosse um filme de boxe, seria a cena do treinamento, mostrando que o cara supera qualquer coisa. Se fosse um thriller policial seria o cara perseguindo e prendendo vários bandidos - e rindo. Se fosse sobre máfia seria o cara ascendendo ao poder e atingindo seu ápice de dominação. Isso por quê essa música desperta o melhor que há em você - não importa o que você é. Na própria letra ela mostra uma narradora finalmente satisfeita e grata por ter achado o que tanto procurava: um homem diferente dos demais. Isso fica excplícito quando ela diz com desejo na voz: "Você é tão bonito!" de um jeito até assutador. Além do refrão já citado há outra demonstração de poder no vocal que diz: ""Há algo em você que eu não consigo viver sem", revigorante aos ouvidos. Então aqui fica a dica, ouça essa música quando você precisar dar o melhor de si em alguma situação. Assim como os protagonistas dos filmes, você conseguirá atingir 120% do potencial. Depois é só dar o play de novo ;)

Nunca ouviu?

Prepare-se para sua versão melhorada de você mesmo. Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...