Leia também!

O mundo precisa de pessoas como você

04/03/2010

Momento de atitude. Pra quem acha que só o U2 pensa nas mazelas que assolam a humanidade em suas músicas, trago agora uma banda que recebeu poucos holofotes, apesar da mesma atenção nobre. Imagino que seja por eles adotarem um tom mais revoltado. Estou falando de Live e um de seus álbuns mais interessantes (e ao mesmo tempo menos famoso) que se chama "V" e foi lançado em 2001. Parou pra pensar? O nome da banda é "Live" e o nome do CD é "V"... Vai ser difícil acha-lo pra baixar ;) Segue a letra:





People Like You
(Kowalczyk)

In a dream i had
you were standin all alone
with a dyin' world below
and a microphone
singin' hallejuhah
i finally broke their mold

whatever its gonna take
good luck, keep it real
where (are) the boys in live?
they're pissin' in the mainstream
open up your cage
focus all your rage
the world needs people like you

in a dream i had
i was on a stage with queen
michael stipe and elton john
bono and springsteen
singin hallejuhah, rock and roll is king

whatever its gonna take
good luck, keep it real
where (are) the boys in live?
they're pissin' in the mainstream
open up your cage
focus all your rage
the world needs people like you

people like you!
people like you!
motherfuckers like you!
people like you!

in a dream i had
you were standin all alone
with a dyin' world below
and a microphone
singin' hallejuhah
i finally broke their mold

whatever its gonna take
good luck, keep it real
where (are) the boys in live?
they're pissin' in the mainstream
open up your cage
focus all your rage
the world needs people like you

people like you

Vamos à andança...

Essa música é só uma amostra do poder contido no "V". Ela tem um pouco do que o album mostra no todo. Uma mistura de sons, ora pesados ora leves. Vocais ora agressivos ora suaves além de uma letra interessante. Começa tranquila, na voz versão aguda de Ed Kowalczyk recitando versos com um ritmo bem legal de ouvir. Parece que vai ser uma das baladinhas deles, mas logo você entenderá que não. Ele começa acompanhado de leve nos acordes: "Num sonho que eu tive, vocês estavam parados sozinhos. Com um mundo agonizante abaixo e um microfone. Cantando 'Aleluia'. Eu finalmente quebrei os moldes deles". Aqui nesse exato momento, há uma virada incrível na música, a guitarra distorce absurdamente, a bateria acelera e Ed troca sua voz pra uma versão rapcore grave e diz de forma revoltada e quase violenta: "O que quer que aconteca, boa sorte e continue real. Onde estão os garotos na vida? Estão urinando no objetivo final. Abra sua jaula, concentre sua raiva. O mundo precisa de pessoas como vocês". Então a música quase num tom progressivo retorna para aquela suavidade inicial em todos seus elementos. Agora os versos, naquele mesmo ritmo bacana, citam astros importantes: "Num sonho que eu tive, eu estava no palco com a Rainha, Michael Stipe e Elton John, Bono e Springsteen, cantando 'Aleleuia, Rock'n'Roll é o rei' ". Imediatamente volta aquela agressividade rápida movida à pancadas na bateria e versos gritados. Eu como gosto de um palavrão não posso deixar de destacar o "Filhos-da-puta igual você!" ("Motherfuckers like you!") mas imagino que não seja no sentido de uma ofensa. Outro destaque é quando ele repete várias vezes o "People like you" e há um riff lento e progressivo com efeitos de eco ao fundo que faz arrepiar. Interessante também a referência aos shows de grande magnitude envolvendo astros pop com causas humanitárias. Um dos astros que ele cita, Michael Stipe é vocalista do R.E.M. e muita gente considera como uma influência do Live. Espero que não, detesto R.E.M. Já o Bono é conhecido da maioria das pessoas e assim como ele e o U2, o Live é famoso por letras idealistas e patrioticas, mas essa música deixa claro que, ao contrário do quarteto irlandês, o Live sente uma revolta transbordante por saber que shows políticos pouco modificam a situação do "mundo agonizante" já que os "garotos estão urinando pra isso" e as soluções reais vem da ótima rima "open up your cage, focus all your rage" ou mais simplesmente, atitute ;)

Nunca ouviu?

Libere toda sua raiva. Escute:

Um comentário:

Tábata disse...

Ótimo esse som hein!
a letra é muito interessante e a ideologia da banda, como vc disse, é muito legal
O mundo realmente precisa disso, e PRINCIPALMENTE de pessoas que ENXERGAM isso ;)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...