Mais um livro do Andarilho

Visões

26/01/2010

Essa é uma das músicas com potencial de viagem mais alto jamais gravado. Acredite, é um andarilho quem diz. Todas as vezes que eu pego a estrada eu boto essa do Living Colour. Ou melhor, todas vezes que eu boto essa música eu pego a estrada. É um som literalmente viajante, e isso se deve a mistura geniosa que a banda consegue fazer em algumas músicas, usando rock, reggae, funk e algumas mixadas incríveis. Essa saiu na compilação "Pride" de 1995. Haja orgulho. Segue a letra:





Visions
(Reid)

The wind blows
And it gathers me
Wandering endlessly

No expectations
It's just living free
All memories
Keep haunting me

Ask me
"What you want to see?"
I'll say
"Pray for me"

Can lose the burn away,
The darkness of my life
Feelings are drifting away
To the endless night

I'm running away
Just out of sight
In the dark of the day
To the glow of the night

Reality it's the price we paid
It's the only way...
Feelings
Won't desappear

Kissing the basement
All I feel
I Play the game
You Feel the shame
Away...
Hear they crying

Feather silent grows
So does the pain
Searching for the answer
The question still remain

I'm running away
Just out of sight
In the dark of the day
To the glow of the night

Vamos à andança...

Assim como aconteceu com a These Are Happy Times, essa letra aqui eu não achei em lugar nenhum, então digitei eu mesmo de ouvido. Caso você veja um erro me avise pra eu corrigir. Ou melhor, caso você tenha a letra exata me manda que eu troco e agradeço ;) Como eu falei acima, essa é uma das músicas que mais me faz viajar. E pra longe. Alguns dos motivos são fáceis de identificar: a poesia leve, com versos curtos e lentos, a voz suave e as vezes arrastada de Corey Glover, a bateria forte e também lenta. O baixo é algo à parte - cada dedilhada (ou batida) é sentida precisamente e o riffzinho se repete sem parar, sem cansar. A guitarra do grande Vernon Reid também faz sua colaboração, de leve ao fundo, misturada aos mixes brisantes da música. Agora um dos detalhes menos perceptíveis e talvez o que mais faça viajar é a backing vocal. Não sei nem se é possível considera-la uma backing vocal, mas em certos momentos há um grito afinadíssimo de uma moça, e esse grito também sofre dos mixes do quarteto, e se funde ao instrumental e principalmente à guitarra. Coisa difícil de descrever, mas sensacional de sentir. Ouvir Visions é uma experiência incrível, e não é exagero, nem sinestesia, muito menos efeito de ácidos que cruzam os sentidos. É muito melhor que isso, a própria letra enigmática fala em viajar: "O vento sopra, e me encontra, andando incansavelmente. Sem expectativas, apenas vivendo livre. Todas as memórias continuam me assombrando". Todos os mixes são referências à mistura de sentimentos presente na voz impecável de Glover. Mistura entre tranquilidade e angústia. "Me pergunte 'o que você quer ver?' e eu direi: 'reze por mim' " é um verso que merece ser ouvido, além do refrão, é claro: "Estou correndo por aí, pra muito longe, na escuridão do dia e no brilho da noite" com direito a backing vocals do próprio Glover, igualmente emocionantes. Outro verso que faz chorar na voz do cantor é quando ele puxa a garganta em "The question still remaaaaaaaain" ("a pergunta ainda permanece"). Visions, como o título diz é uma visão, daquelas inacreditáveis pra quem vê e difíceis de descrever pra quem não estava presente ;)

Nunca ouviu?

Melhor do que eu descrever é você ter essa visão também. Escute:

2 comentários:

Marina disse...

Oiieeeeee Fe!!!!

vc e seu living color.. cara nao consigo gostar dessa banda. Incrivel!

Meu lembrei de vc, aqui em NY tem um lugar na 42 com a 5 avenida chamado BB King vc ia amar... so rock.. soul... noites especiais.. animal!!

bjos

Renato disse...

Cara, o pouco que eu conheço dessa banda gosto pra caralho!
Principalmente essa música, o primeiro contato com os caras.
Essa música parece um momento de incerteza e angústia, como uma sensação de inquietação do Corey, ampliada pelos gritos de sofrimento da bancking vocal.
Sei lá, dá uma porra estranha a ouvir essa música.

Abraço!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...