Mais um livro do Andarilho

Homem de Preto

23/12/2009

O nobre protesto de Johnny Cash

Existem pouquíssimas músicas que eu considero uma lição de vida. Sim, existem músicas que podem ser tomadas como lições, como a Simple Man por exemplo. Essas raridades devem ser escutadas e refletidas e viajadas sempre que possível. É por isso que trago uma música dessas nesse post natalino. Do mestre Johnny Cash, de 1971, prepare a caneta. Segue a letra:





Man In Black
(Cash)

Well, you wonder why I always dress in black,
Why you never see bright colors on my back,
And why does my appearance seem to have a somber tone.
Well, there's a reason for the things that I have on.

I wear the black for the poor and the beaten down,
Livin' in the hopeless, hungry side of town,
I wear it for the prisoner who has long paid for his crime,
But is there because he's a victim of the times.

I wear the black for those who never read,
Or listened to the words that Jesus said,
About the road to happiness through love and charity,
Why, you'd think He's talking straight to you and me.

Well, we're doin' mighty fine, I do suppose,
In our streak of lightnin' cars and fancy clothes,
But just so we're reminded of the ones who are held back,
Up front there ought 'a be a Man In Black.

I wear it for the sick and lonely old,
For the reckless ones whose bad trip left them cold,
I wear the black in mournin' for the lives that could have been,
Each week we lose a hundred fine young men.

And, I wear it for the thousands who have died,
Believen' that the Lord was on their side,
I wear it for another hundred thousand who have died,
Believen' that we all were on their side.

Well, there's things that never will be right I know,
And things need changin' everywhere you go,
But 'til we start to make a move to make a few things right,
You'll never see me wear a suit of white.

Ah, I'd love to wear a rainbow every day,
And tell the world that everything's OK,
But I'll try to carry off a little darkness on my back,
'Till things are brighter, I'm the Man In Black.

Vamos à andança...

"Você se pergunta por quê eu sempre me visto de preto,
Por que você nunca vê cores brilhantes nas minhas costas
E por que minha aparência parece ter um tom sombrio
Bem, há uma razão pelas coisas que eu uso..."


Essa letra, quase um auto-retrato do mestre, é espetacular. Simples como se fosse uma redação, Cash descreve os motivos pelos quais ficou conhecido como o Homem de Preto. A simplicidade é aparente, já que ele acrescentou rimas e métricas perfeitas, numa poesia sem refrão, acompanhada por um violão. É tudo direto e objetivo. O segredo do Homem de Preto é esclarecido aqui, por ele mesmo, sem reviravoltas e sem mensagens subjetivas. "Eu visto o preto pelo pobre e oprimido, vivendo no lado faminto e sem esperança da cidade. Visto pelo prisioneiro que há muito pagou por seu crime e ainda está lá por ser uma vítma dos tempos". Aqui é só uma demonstração dos valores desse homem, mas fica o destaque pra compaixão pelos presidiários que Cash nunca hesitou demonstrar. Continuando: "Eu visto pelo velho doente e solitário, pelos descuidados que se tornaram frios. Eu visto preto em luto pelas vidas que poderiam existir. A cada semana perdemos cem bons homens jovens". Segura as lágrimas que tem mais: "Eu visto preto pelos milhares que morreram acreditando que o Senhor estava ao lado deles. Eu visto também pelos outros milhares que morreram acreditando que todos nós estavamos ao lado deles". E agora vem o encerramento perfeito e conclusivo, sem deixar dúvidas de quem é o mestre, ou se há motivo mais nobre pela vestimenta negra que ele usa: "Há coisas que nunca serão certas, eu sei... E coisas precisam de mudanças em todo lugar. Mas até que nós comecemos a nos mexer e fazer algumas coisas certas, você nunca me verá num terno branco. Eu adoraria vestir um arco-íris todos os dias, e dizer ao mundo que tudo está bem. Mas eu tentarei retirar um pouco da escuridão em minhas costas. Até que as coisas comecem a brilhar, eu serei o Homem de Preto". Sem palavras. Só deixo aqui mais uma das estrofes como minha mensagem de natal:

"Eu visto o preto por aqueles que nunca leram
ou ouviram as palavras que Jesus disse
Sobre a estrada para a felicidade através do amor e da caridade
Você acharia que Ele está falando diretamente para você e eu"


Feliz Natal e muita música a todos ;)

Nunca ouviu?

Eu visto o preto por aqueles que nunca ouviram essa música. Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...