Viaje neste blog

Publicidade

Plano Mestre

04/11/2009

Mais uma banda que entra praquela lista das bandas que eu esqueço de ouvir, depois ouço e me lembro de como os caras são bons. No caso agora é a vez do Oasis. Essa aqui traz um conceito que tem feito bastante sentido ultimamente e é por isso que resolvi posta-la. Faz parte do álbum homônimo, de 1998. Segue a letra:




The Masterplan
(Gallagher)

Take the time to make some sense
Of what you want to say
And cast your words away upon the waves
Sail them home with acquiesce
On a ship of hope today
And as they land upon the shore
Tell them not to fear no more
Say it loud and sing it proud
Today..

And then dance if you want to dance
Please brother take a chance
You know they're gonna go
Which way they wanna go
All we know is that we don't know
How it's gonna be
Please brother let it be
Life on the other hand won't make us understand
We're all part of the masterplan

Say it loud and sing it proud
Today..
I'm not saying right is wrong
It's up to us to make
The best of all the things that come our way
Coz everything that's been has past
The answer's in the looking glass
There's four and twenty million doors
On life's endless corridor
Say it loud and sing it proud
And they..

Will dance if they want to dance
Please brother take a chance
You know they're gonna go
Which way they wanna go
All we know is that we don't know
How it's gonna be
Please brother let it be
Life on the other hand won't make you understand
We're all part of the masterplan

Vamos à andança...

Ouvi falar outro dia sobre o fim do Oasis. Parece que agora acabou de vez. Não fiquei tão abalado emocionalmente por 2 motivos. O primeiro é que eu já não vinha mais acompanhando tanto o Oasis e o segundo é o que diz essa música. "Somos todos parte do plano mestre" ou como me disseram sabiamente: "o que tiver que ser, será" ou ainda, e mais acertado: "nada é por acaso". Não mesmo, e tenho acreditado bastante nisso ultimamente. Afinal, o próprio Dr. Manhattan disse em suas sábias palavras de um semi-deus: "todos nós somos marionetes, a diferença é que eu enxergo meus fios", mostrando que nem ele - capaz de viajar no tempo, ler mentes e se teletransportar - é capaz de fugir das linhas do destino. Nerdices do Watchmen à parte, vamos ouvir essa música, uma das mais belas e emocionantes do Oasis, gravada na voz do guitarrista e compositor Noel Gallagher - que eu até prefiro no vocal, diga-se de passagem. A música começa num tom lento, triste onde Noel vai praticamente declamando a profunda poesia, subindo e nos preparando para o refrão esplêndido que diz: "Dance se você quiser dançar. Por favor, irmão, se dê uma chance. Você sabe que eles irão pelo caminho que quiserem seguir. Tudo o que sabemos é que não sabemos como vai acontecer. Por favor irmão, deixe acontecer. Ou a vida não nos deixará entender que somos todos parte do plano mestre". Além de bonitos, os versos são cantados num ritmo incrivelmente elaborado, com uma subida impecável em "all we know..." e aceleradas fantásticas, como em "please, brother let it be". Além disso eu tenho um carinho especial pelos trompetes que fazem da instrumentação um show à parte. É por isso que não me abalei com o fim do Oasis. Não acabou por acaso e eles já fizeram coisas incríveis, como Masterplan ;)

"Neste mundo, o destino do homem é controlado por alguma lei ou entidade trancendental.
Ao menos o homem sabe que não tem controle sobre sua própria vontade."

(Zodd, o Imortal - Berserk, mangá de Kentaro Miura)

Nunca ouviu?

Seu destino é conhece-la agora. Escute:

Um comentário:

Tábata disse...

linda música! e realmente emocionante...

esse negócio de destino vai ser sempre um mistério mesmo... nunca entendemos pq determinadas coisas começam, pq terminam, pq acontecem... o q importa é continuarmos, abrindo novas portas, dando vida a novas histórias, virando páginas (hehe)...
se a vida não fosse tão irônica, talvez a gente entendesse mais fácil...
fazer o q, o jeito é esse!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...