Mais um livro do Andarilho

Nós vamos ficar juntos um dia

26/10/2009

Confesso que não estou ouvindo muito blues ultimamente, mas vira e mexe o John Lee Hooker não me deixa esquecer da grandiosidade do gênero. Na verdade ele tem sido meu único representante do blues ultimamente. Sem problemas... ele é mestre. Esta aqui tem sentido profundo e é do "Mad Man Blues" (1967). Segue a letra:





You know, I know
(Hooker)

You know, I know
We're gonna get together one day
Yeah Yeah
I know and You Know
Gonna get together one day
Well I don't know but to say
We're gonna get together one day

I don't care what your mother said
I don't care what your father said
I don't care what your friends said

You know, I know
We're gonna get together one day
Yeah
Keep it 'gather babe
Wooow well babe, babe
Gonna get together babe, one day babe

Now babe
Everybody is talking babe
We don't care what they say
As long as you know and I know
We're gonna get together one day babe
Yeah
Let them talk babe, all they want
As long as you know, I know
We're gonna get together one day

Babe, babe
We're gonna get together babe
Get together babe
No matter how long it takes
'Cause you know, I know
I don't care what they say
As long as you know, I know
We're gonna get together

Hmmm hoho hoho hoho
I know, and you know
We're gonna get together
Somehow and someway

Waah
We're gonna get together babe
Somehow and someway babe, someway
Nobody, no one can stop us babe
No one can stop us now
No one can stop me
No one can stop us

Vamos à andança...

Reparei bem nessa música outro dia na espera do dentista. Quase dormindo, como sempre, John Lee Hooker mandava ver no fone de ouvido. Até que começou um balanço contagiante o bastante pra me acordar 100%. O balanço carregava o ritmo perfeito da poesia que se seguiria na voz impecável de Hooker. Ele começou no seu estilo de cantar mais que característico: "Você sabe, eu sei... Nós vamos ficar juntos um dia. Yeah, Eu sei, você sabe... Nós vamos ficar juntos um dia". O que mais me fascinou é a certeza na voz malandra do bluseiro. Como quem sabe tocar uma guitarra como ninguém, ou como quem sabe cantar ou declamar sem perder o ritmo jamais, ele sabe também que "ficará com ela um dia". Ele é calmo, infalível. Apesar de ser um blues, um tema triste, ele não demonstra isso. Só demonstra certeza inabalável: "Não me importo com o que sua mãe disse. Não me importo com o que o seu pai disse. Não me importo com o que seus amigos disseram... Você sabe e eu sei. Nós vamos ficar juntos um dia". Esse trecho merece ser ouvido pra quem não conhece essa canção. É um exemplo do domínio que Hooker tem da musicalidade. E ele também não se importa com nada além da convicção: "Todo mundo está falando, querida. Eu não me importo com o que eles falam, mais do que você sabe..." E agora você também já sabe a continuação. O cara é mestre. Só de ouvir seu poderoso e carregado "toghetah" já fica claro. Ou nas sarcásticas vocalizações "Hoho, hoho" que rimam precisamente com "i know". A guitarinha e o piano são sensacionais, como na maioria dos bons e velhos blues, e o solo é igualmente empolgante. Ele termina como começa: objetivo e inquestionável: "Nós vamos ficar juntos, querida. Algum dia, algum jeito, ninguém pode nos parar agora. Ninguém pode me parar". Nada como ter essa certeza ;)

Nunca ouviu?

Você sabe que tem que ouvir. Escute:

Um comentário:

Anônimo disse...

Esse cara é mestre demais

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...