Mais um livro do Andarilho

Tempestade elétrica

06/10/2009

Descobri outro dia que acabaram os ingressos pro show do AC/DC e eu não comprei o meu... Por um momento eu fico chateado quando isso acontece porque eu gosto de ir em shows bons assim, mas quando isso acontece eu tenho um remédio pra me ajudar. Eu lembro do show do U2 que eu consegui ir e ficar na grade. Essa é da coletânea "1990-2000". Segue a letra:






Electrical Storm
(Vox/Edge/Clayton/Mullen)

The sea it swells like a sore head
And the night it is aching
Two lovers lie with no sheets on their bed
And the day it is breaking
On rainy days we'd go swimming out
On rainy days swimming in the sound
On rainy days we'd go swimming out

You're in my mind all of the time
I know that's not enough
If the sky can crack
There must be someway back
For love and only love

Electrical storm
Baby, don't cry!

Car alarm won't let you back to sleep
You're kept awake dreaming someone elses dream
Coffee is cold but it'll get you through
Compromise that's nothing new to you
Let's see colours that have never been seen
Let's go to places no one else has been

You're in my mind all of the time
I know that's not enough
If the sky can crack
There must be someway back
For love and only love

Electrical storm
Baby, don't cry!

It's hot as hell, honey, in this room
Sure hope the weather will break soon
The air is heavy, heavy as a truck
We need the rain to wash away our bad luck

Well if the sky can crack
There must be some way back
To love and only love

Electrical storm
Baby, don't cry!

Vamos à andança...

Sim, esse é um dos meus orgulhos. Ter ido no show do U2 e ter ficado na grade. Para essa última conquista devo agradecer ao caro Felipe (mais conhecido como Oasis). A Electrical Storm é uma das minhas músicas preferidas do quarteto. Ela é tão viajante... Já nos primeiros segundos o ritmo feito com os sinos cria o clima. A voz de Bono, límpida e com adição de ecos suaves aumenta essa clima, principalmente quando ele repete: "em dias chuvosos, nós nadávamos lá fora". Vale destaque pra William Orbit que mixou essa canção no original e contribuiu e muito pro nosso deslocamento mental. É só ver que quando você percebe o violão e a guitarrinha aguda do Edge sua mente já foi pra longe, longe mesmo, num lugar chuvoso - eletricamente falando. Ele diz no refrão excelente: "Você está na minha mente toda hora, e eu sei que não é o bastante. Se o céu pode rachar, deve haver algum jeito de voltar para amar e só amar". Muito bonito, e quando ele diz quase num sussurro: "Tempestade elétrica... Querida, não chore" é de fazer qualquer querida chorar ainda mais. A canção toda é de fazer subir, descer, sentir a eletricidade e a tempestade numa viagem surreal e numa melodia muito agradável aos ouvidos, principalmente na virada do refrão, mas as estrofes também trazem versos bem interessantes como esse último: "Está quente como o inferno nesse quarto, querida, com certeza a temperatura vai quebrar em breve. O ar está pesado, pesado como um caminhão. Precisamos da chuva pra lavar toda a nossa má sorte". Agora imagina essa experiência toda ao vivo... É por isso que U2 me faz esquecer de qualquer show monstruoso que eu tenha perdido depois, pois o show principal eles já deram ;)

Nunca ouviu?

Saia da chuva e venha já ouvir. Escute:

2 comentários:

Marina Fernanda disse...

Nem sinto inveja.. rs...

Eu tb estava lá.. e ainda ganhei um par de ingresso...rsrsrsrs



a ultima musica All I want is you foi a mulher for sure..

Tábata disse...

linda, linda música!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...