Sobre o Autor

Minha foto

Sou um homem em constante dualidade. Metade de mim queria ser um astro do Rock. A outra metade um monge budista. O resultado disso foi um blog que mistura John Lennon e Jesus Cristo e um livro chamado Heróis e Anônimos.

Vou te pegar, garota, e te abraçar!

24/08/2009

Depois de muitas bandas boas passarem por aqui, chegou a hora de algo ainda inédito: uma banda que não existe. Isso mesmo, existem bandas que foram criadas exclusivamente para o cinema e algumas delas são tão boas que se tornam reais depois. The Commitments (conhecido aqui como "Loucos Pela Fama") é um exemplo de filme que teve muita felicidade ao escolher seus artistas e trilha sonora. Resultou em músicas sensacionais. Segue a letra:





Midnight Hour
(Pickett)

I'm gonna wait til the midnight hour
That's when my love comes tumblin' down
I'm gonna wait 'til the midnight hour
When there's no one else around
I'm gonna take you girl and hold you
And do all the things I told you
In the midnight hour

Yes I am, oh, yes, I am

I'm gonna wait 'til the stars come out
And see that twinkle in your eyes
I'm gonna wait 'til the midnight hour
That's when my love begins to shine
You're the only girl I know
That really loves me so
In the midnight hour
Oh, yeah, in the midnight hour

Just you and I... oh, baby, hah!
Just you and I... nobody around, baby, just you and I
All right... you know what?
I'm gonna hold you in my arms...
Just you and I, oh yeah
In the midnight hour
Oh, baby, in the midnight hour

Vamos à andança...

Já tem um tempo que eu estou viciado nessa banda. Alguns meses para ser mais exato. E de tempos em tempos eu vou mudando minha música preferida deles. Agora estou fascinado com essa versão de "Midnight Hour". O primeiro motivo pela admiração é com certeza o vocal principal representado no filme por um cantor egocêntrico e metido, mas que tem uma voz grossa e rouca fenomenal. As vocais de apoio também merecem grande crédito pela delicadeza e emoção que passam. Nessa música em especial é impagável o "midnight hour" que elas soltam calmamente na hora precisa. O que também vale destacar na instrumentação impecável é a brincadeira entre trompete e teclado. Coisa bem trabalhada mesmo. Alguns trechos mostram o teclado fazendo uma base incrível e até mesmo viajante. Quem diria que o soul também causaria viagens? É... não é só rock e blues que fazem a mente brincar de polícia e ladrão. Como eu disse em cima, boa parte do sucesso gerado pelos Commitments foi a escolha da trilha sonora a ser interpretada pela banda, e aqui está uma canção com uma letra muito legal que fala de amor (pra variar) com empolgação. Aquela empolgação que te domina nos momentos antes de encontrar certa pessoa - no caso aqui o encontro será por volta da meia-noite. Ele diz com felicidade clara na voz: "Vou te esperar até meia-noite. É quando meu amor chegará descendo. Vou te esperar até meia-noite, quando não terá mais ninguém rondando por aí" e aqui ele diz com mais determinação e alegria ainda (nos meus versos favoritos): "Vou te pegar, garota, e te abraçar! E fazer tudo aquilo que eu te disse, na hora da meia noite". Nessa mesma aceleradinha sensacional que finaliza com os ótimos backings ele diz na segunda estrofe: "Você é a única, garota, eu sei, que me ama de verdade. Oh meia noite!". Pra encerrar ele brinca no final dizendo "só você e eu" e os backings dizendo "meia noite". Realmente tudo muito bem trabalhado, nível altíssimo e com essa letra não dá pra achar nada errado. Até por que o que importa mesmo é "só você e eu" ;)

Nunca ouviu?

Felicidade garantida com direito a um vídeo com o trecho do filme. Escute:

Um comentário:

Marina Fernanda disse...

Não vc tem que me ajudar mais...

pode ir falando pelo menos umas 5!!!

to esperando.. rs

bjos

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...