Viaje neste blog

Publicidade

Você me sacudiu, babe

15/07/2009

Engraçado como o primeiro álbum de muitas bandas é realmente destruidor. Acho que eles levavam à risca aquele velho ensinamento do Truco: "a primeira é um caminhão". E que caminhão Led Zeppelin trouxe em 1968... Um dos melhores trabalhos deles, com certeza. E isso se dá em parte pela base blueseira que eles adotaram em algumas músicas. Essa aqui é um exemplo disso. Segue a letra:




You Shook Me
(Lenoir/Dixon)

You know you shook me
You shook me all night long
You know you shook me, baby
You shook me all night long
You shook me so hard baby
Baby, baby, please come home

I have a bird that whistles
And I have birds that sing
I have a bird that whistles
And I have birds that sing
I have babe won't do nothing, oh!
Oh, oh, buy a diamond ring

You know you shook me, baby
You shook me all night long
I know you really, really, did baby
I said you shook me, baby
You shook me all night long
You shook me so hard, baby
You shook me all night long

Vamos à andança...

Blues já é bom por si só. Agora, quando você ouve uma banda sensacional tocando blues parece que a emoção se multiplica. Nessa música, originalmente gravada por Willie Dixon, quem comanda é a guitarra de Jimmy Page. Ela sobre e desce emocionante acompanhando de perto a voz de Plant. Quando você ouve as frases como: "You shook me all night long", a guitarra e a voz fazem uma harmonia impecável de agudo à grave. Como eu já disse aqui, pra mim, uma música que tem harmônica no arranja fica melhor ainda. Aqui não é diferente: a gaita de Plant permeia a música e faz a viagem ainda mais surreal, sobretudo no maravilhoso solo que vem no meio. Falando em solo, há também um de teclado fenomenal... Vale um destaque enorme também pra base que o baixo de Jones e a bateria de Bonham fazem na música inteira. Essa viagem lenta e dramática conta com poucos versos, mas igualmente ótimos. Os primeiros falam: "Você me sacudiu, gata. Você me sacudiu a noite inteira" e como não poderia faltar num blues, há a tristeza em relação à uma mulher: "Você me sacudiu tão forte, gata. Por favor volte pra casa". No último verso da segunda estrofe ele revela mais tristeza: "Eu tenho um amor, não posso fazer nada. Oh, eu comprei um anel de diamante". Que coisa hein... Só um blues pode ilustrar tanta dor. Nos segundos finais a dor parece acentuar a ponto da guitarra e a voz de Robert apostarem para ver quem se cansa primeiro, até que umas boas pancadas de Boham encerram de vez. E isso tudo é só o primeiro álbum deles ;)

Nunca ouviu?

É tão triste que daria um blues. Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...