Viaje neste blog

Publicidade

O Sonho do General

02/06/2009

Essa é uma banda desconhecida pra muita gente. Chama Dispatch. Fiquei sabendo dela esse ano e não conheço praticamente nada sobre ela além do CD gravado pelo meu primo Renato (thanks, man). Mas os caras são muito bons. Muito mesmo. É um som diferente, soa como um folk rock, que usa umas percussões muito boas e um trabalho de vocal sensacional, além de letras muito bem escritas. Essa aqui é do segundo álbum deles, de 1998 entitulado "Bang Bang". Preste atenção, é uma história interessante. Segue a letra:





The General
(Urmston)

There was a decorated General with a heart of gold
That likened him to all the stories he told,
Of past battles won and lost
And legends of old
A seasoned veteran in his own time

On the battlefield he gained respectful fame
With many medals of bravery and stripes to his name
He grew a beard as soon as he could to cover the scars on hisface
And always urged his men on

But on the eve of a great battle with the infantry in dream
The Old General tossed in his sleep and wrestled with themeaning
He awoke from the night to tell what he had seen
And walked slowly out of his tent

All the men held tall with their chests in the air
With the courage in their blood and a fire in their stare
It was a gray morning and they all wondered how they would fare
Till the old general told them to go home

He said: I have seen the others
And I have discovered
That this fight is not worth fighting
And I've seen their mothers
And I will no other, to follow me where I'm going
So

Take a shower, shine your shoes
You got no time to lose
You are young men you must be living
Take a shower, shine your shoes
You got no time to lose
You are young men you must be living
Go now you are forgiven

But the men stood fast with their guns on their shoulders
Not knowing what to do with the contradicting orders
The General said he would do his own duty but he would extend it no further
The men can go as they pleased

Not a man moved their eyes gazed straight ahead,
Till one by one they stepped back and not a word was said
And the old general was left with his own words echoing in his head
He then prepared to fight

He said: I have seen the others
And I have discovered
That this fight is not worth fighting
No, And I've seen their mothers
and I will no other
to follow me where I'm going, so
Take a shower shine your shoes
You got no time to lose
You are young men you must be living, so
Take a shower shine your shoes
You got no time to lose
You are young men you must be living
Go now you are forgiven.

Vamos à andança...

A música começa numa pegada ao estilo das baladas de Johnny Cash ou Bob Dylan em que eles dedilhavam o violão e contavam uma história de forma acelerada e direta com frases compridas e pausas repentinas. Merece destaque nessa parte e entrada da bateria, fenomenal. Aqui a história é sobre um general "com um coração de ouro" que adorava contar suas histórias de honra e glória de batalhas passadas. Ele tinha muitas medalhas e faixas e deixou a barba crescer para esconder algumas de suas cicatrizes. Porém em meio à uma batalha, em seu acampamento, o general teve um sonho misterioso. Acordou de madrugada, reuniu seus homens e foi contar-lhes o que havia sonhado. A música muda de tom pra um vocal mais emocionado e diz "Ele disse: Eu vi os outros. E eu descobri que essa luta não vale a pena lutar. Eu vi as mães deles. E não quero que ninguém mais me siga onde eu vou". Aqui entra o refrão maraviolhoso, instigante: "Então, tomem um banho, engraxem seus sapatos. Vocês não tem tempo à perder. Vocês são jovens e precisam viver. Vão embora, estão perdoados". Mesmo confusos com as ordens contraditórias, os soldados saíram um por um enquanto o general seguia seu caminho, sozinho. É uma história fascinante. Eu gosto principalmente quando o general diz que viu a mãe dos inimigos e ficou comovido. Todos sabemos que a guerra é um mal, mata jovens inocentes que só mereciam viver. Deixa mulheres viúvas antes da hora e deixa mães sem seus filhos. Pelo menos aqui, conforme diz o general com a ajuda de uma percussão progressiva: "Vão agora embora, vocês estão perdoados, vão agora estão perdoados". Quisera que todos os generais tivessem um sonho desses ;)

Nunca ouviu?

Eu também até pouco tempo, então agora é sua chance. Escute:

Um comentário:

Renato disse...

Venho aqui deixa uma frase no mínimo interessante, senão reflexiva: "Os velhos declaram a guerra, mas são os jovens que as lutam". Como pode vários jovens, muitos ainda virgens, serem mandados para guerra na flor da idade, sem saber nem o motivo de sua luta? Motivo que satisfaz aos interesses mais dos governantes do que da população.
Deixando a moral de lado, essa banda é realmente muito boa, faz um som muito legal. Como dito, o trabalho dos vocais é sencacional, envolvendo por completo seus ouvintes nos momentos mais empolgantes da música. Acredito que todos os três integrantes da música catem, ou fazem pelo menos o backvocal, sem contar que a banda alterna os vocais dependendo do estilo da música.
Quem ainda não conhece, recomendo que escutem essa banda.

Abraço

Renato

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...