Leia também!

Os Imperdoáveis

28/05/2009

Mais uma banda de cabra-macho: Metallica. São o tipo de cara que as garotinhas adoram e de quem os marmanjos querem ser brothers. Eu queria ser brother deles... Uma vez falaram pra mim que eles parecem aqueles grandões que batiam nos outros no colégio. A mais pura verdade. Hetfield combina mais com um machado ensanguentado na mão do que com um microfone. Isso visualmente, é claro. Musicalmente ele está para o microfone assim como Zidane estava para a bola. Isso serve para todos os integrantes - tirando esse atual baixista que desmerecidamente ganhou até uma versão digital no Guitar Hero Metallica. Mas essa aqui é do "Black Album" de 1991 quando ainda era o bom Jason Newsted. Segue a letra:





The Unforgiven
(Hetfield/Ulrich)

New blood joins this earth
And quickly he's subdued
Through constant pained disgrace
The young boy learns their rules

With time the child draws in
This whipping boy done wrong
Deprived of all his thoughts
The young man struggles on and on he's known
A vow unto his own
That never from this day
His will they'll take away

What I've felt
What I've known
Never shined through in what I've shown
Never be
Never see
Won't see what might have been

What I've felt
What I've known
Never shined through in what I've shown
Never free
Never me
So I dub the unforgiven

They dedicate their lives
To running all of his
He tries to please them all
This bitter man he is
Throughout his life the same
He's battled constantly
This fight he cannot win
A tired man they see no longer cares
The old man then prepares
To die regretfully
That old man here is me

What I've felt
What I've known
Never shined through in what I've shown
Never be
Never see
Won't see what might have been

What I've felt
What I've known
Never shined through in what I've shown
Never free
Never me
So I dub the unforgiven

Never free
Never me
So I dub the unforgiven

You labeled me
I'll label you
So I dub the unforgiven

Never free
Never me
So I dub the unforgiven

Vamos à andança...

"Nunca livre, nunca eu. Então eu os nomeio Imperdoáveis". O que é imperdoável? Será que existe algo tão ruim que não merece perdão de alguém sinceramente arrependido? Essa é uma das músicas que teve um bom video-clipe produzido e por isso é aconselhável que você assista ele logo abaixo se quiser compreender melhor a idéia. Resumidamente ele mostra um garoto cego que se torna prisioneiro numa cela onde não há nada além de pedras grossas por todos os lados e um túnel para a cela ao lado, onde está outro prisioneiro para atrapalha-lo. O garoto então passa a dedicar cada dia de sua vida a raspar um buraco na parede para se tornar livre de novo. Décadas se passam e o garoto, agora já um velho consegue finalmente tirar um bloco e avistar a liberdade, porém devido ao tamanho esforço para retirar a pedra e o estado em que ele se encontra ele acaba morrendo. Olha que crueldade... O homem passou longos anos pra achar a saída e quando finalmente acha, morre. Ele foi "nomeado Imperdoável". Fico imaginando o que ele fez pra merecer tamanha desgraça. Será que era algo tão grave? Será que não merecia um mínimo de compaixão? Como diz na letra "Essa luta ele não pode vencer. Um homem velho eles vêem, não importa mais. O velho então se prepara para morrer cheio de arrependimentos. Esse velho homem aqui sou eu". Você mesmo pode ter sido declarado imperdoável por alguém. Será que você merece? Eu posso ser imperdoável também. "O que eu senti, o que eu soube, nunca apareceram no que eu mostrei". A instrumentação é impecável, a música toda tem uma levada lírica e sensacional. No começo há um suspense e a guitarra de Kirk, sobrenatural, começa o riff marcante. Lars Ulrich então aparece com a bateria ótima. Sobre a voz de Hetfield não há nem muito o que falar: um tom sombrio, agressivo e que não perde a poesia em minuto nenhum. Depois pra completar tem um solo espetacular de Kirk Hammet. Em suma, um tema tão delicado só poderia ser tratado com a maestria do Metallica. Pena que como acontece com alguns bons filmes eles lançaram Unforgiven II e Unforgiven III que não ficaram no mesmo nível da original ;)

Nunca ouviu?

Se você não ouvir eu te nomeio Imperdoável ;) Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...