Mais um livro do Andarilho

Quando a barragem quebrar

14/03/2009

Mais um gigante do rock para nossa alegria. A bola agora está com o Led Zeppelin, banda que eu confesso demorei muito para começar a gostar, talvez pela complexidade das músicas e pela simplicidade da minha cabeça. Essa música faz parte do famoso e tão adorado "Led Zeppelin IV" de 1971, considerado por muitos fãs de rock como o melhor álbum do Led, mas considerado pelos fãs do Led (e olha que conheço muitos) como um álbum deveras inferior ao I, II ou Physical Graffiti. Segue a letra:




When the levee breaks
(Plant/Page/Jones/Boham/Minnie)

If it keeps on rainin', levee's goin' to break
If it keeps on rainin', levee's goin' to break
When The Levee Breaks I'll have no place to stay.

Mean old levee taught me to weep and moan
Mean old levee taught me to weep and moan
Got what it takes to make a mountain man leave his home,
Oh, well, oh, well, oh, well.

Don't it make you feel bad
When you're tryin' to find your way home,
You don't know which way to go?
If you're goin' down South
They go no work to do,
If you don't know about Chicago.

Cryin' won't help you, prayin' won't do you no good,
Now, cryin' won't help you, prayin' won't do you no good,
When the levee breaks, mama, you got to move.

All last night sat on the levee and moaned
All last night sat on the levee and moaned
Thinkin' about my baby and my happy home.
Going, going to Chicago... Going to Chicago...
Sorry but I can't take you...
Going down... going down now... going down....

Vamos à andança...

Como fã de Led Zeppelin concordo que o álbum seja inferior aos já citados, mas não posso deixar de admitir: essa é minha música favorita da banda. Acho incrível essa viagem que eles criam com o balanço da guitarra, o baixo e para completar aquela harmônica suave e delirante. Sou um grande fã de harmônicas (também conhecidas como gaitas) e posso falar: qualquer música boa de rock que utiliza uma delas no arranjo ganha sinceros pontos comigo. Sou tão fã desse instrumento que até tentei aprender a tocá-lo sozinho e mesmo tendo minhas intenções de me tornar o novo Steve Tyler frustadas digo orgulhosamente que consegui, com algum treino, tirar algumas músicas de ouvido. O que me fascina no som da gaita é que ele é simples, limpo e ao mesmo tempo emocionante. E é isso que acontece nessa música do Led. Uma levada que me faz viajar do primeiro ao último segundo. Claro que o vocal do Robert Plant ajuda, e muito, sobretudo nos momentos de raiva súbita que a letra pede. Tá aqui mais uma letra enigmática que fala basicamente de uma barragem, que curiosamente traz tanta dor e sofrimento ao narrador. Este afirma que "se não parar de chover, a barragem vai quebrar e ele não terá onde ficar", mas a explosão de dor (e de Plant) ocorre nos versos que demonstram a raiva e o desespero dele de não poder retornar à sua casa. Meus versos preferidos são: "All last night sat on the levee and moaned Thinkin' about my baby and my happy home" que querem dizer mais ou menos: "Noite passada inteira sentei na barragem e me lamentei, pensando na minha garota e na minha casa feliz". A instrumentação, perfeita, nos envolve nesse clima de altos e baixos, com detalhe para a ótima bateria de Bonham, e o envolvente solo de Page, que até nos faz esquecer por uns segundos a dor causada pelas nossa "barragens" ;)

Nunca ouviu?

Sua vida mudará radicalmente agora. Escute:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...